SAMBÓDROMO LOTADO NO GP BRASIL DA FÓRMULA INDY


Na Indy, Haddad destaca São Paulo como destino turístico

Anhembi sediou a 4ª edição da prova, que reuniu 80 mil pessoas neste ano; prefeito falou sobre a importância da corrida para divulgar a cidade.


O prefeito Fernando Haddad prestigiou o GP Brasil de Fórmula Indy, realizado no Circuito do Anhembi, na Zona Norte, onde aproveitou para destacar o potencial da cidade de São Paulo como destino turístico. “Eventos como esse mostram a capacidade de São Paulo em realizar eventos de grande porte que proporcionam entretenimento para as pessoas. É muito bom ver o sambódromo lotado, com todo mundo contente para ver uma boa corrida”, disse o prefeito.
Em sua 4ª edição na cidade, a corrida reuniu cerca de 80 mil pessoas em dois dias de evento. “Essa corrida é vista por mais de 200 países. É impressionante ver carros em alta velocidade correndo na Marginal Tietê”, destacou o prefeito.
Para garantir a segurança do público, foi montada uma infraestrutura especial dentro do Sambódromo do Anhembi. Além disso, houve uma mudança no traçado da pista.
Personalidades do meio artístico, parlamentares e ministros também marcaram presença na corrida. Muitos prestigiaram o evento dentro do Espaço Anhembi, uma estrutura nova construída no Sambódromo com capacidade para cerca de 3 mil pessoas.
Resultados 


O GP Brasil de Fórmula Indy teve como vencedor o canadense James Hinchcliffe, que recebeu o troféu das mãos do prefeito Fernando Haddad. O japonês Takuma Sato terminou em segundo lugar, enquanto Marco Andretti ocupou a terceira colocação.

Já o brasileiro Tony Kanaan - que correu com a mão lesionada e conseguiu liderar a prova por duas vezes - ficou sem combustível devido a um erro da equipe e acabou terminando a prova em 21º lugar. Bia Figueiredo, que tinha a torcida do prefeito, teve um bom início de corrida, mas acabou abandonando a disputa com problemas no câmbio.
Postar um comentário