BRICS CRESCE E A CHINA CONTINUA LIDERANDO

Aço chinês domina UE

A China, em 2014, aumentou a produção em 332 milhões de toneladas, atingindo um total próximo de 823 milhões de toneladas no ano passado, consolidando-se como o maior produtor mundial de aço.
Em contrapartida, neste período, a Comissão Europeia calcula que se tenham perdido cerca de 40 mil postos de trabalho nesta indústria outrora florescente na UE.

Dados da Associação Mundial do Aço (WSA) indicam que a produção de aço na UE alcançou em 2014 pouco mais de 169 milhões de toneladas, ou seja menos 41 milhões de toneladas em relação a 2007.
Hoje, a maioria do aço utilizado é proveniente da China, país que forneceu 337 milhões de toneladas à UE em 2014, volume que representou um aumento das importações de 23 por cento face ao ano anterior.

MAIS UMA TENTATIVA DE GOLPE AMERICANO CONTRA A VENEZUELA

Tentativa de golpe abortada

As autoridades venezuelanas fizeram abortar uma nova tentativa de golpe de Estado, dirigida a partir dos EUA, que estava a ser preparado pela reação interna.

A revelação foi feita na passada quinta-feira, 12, pelo presidente do país, Nicolás Maduro, durante um programa de televisão conduzido pelo presidente da Assembleia Nacional Diosdado Cabello.
A intentona envolvia oficiais da Força Aérea e civis, entre os quais os deputados da direita Julio Borges e Antonio Ledezma, e foi desarticulada pelos serviços de inteligência a partir de denúncias de militares patriotas.
Os venezuelanos felizes pela prisão
do agente americano Antonio Ledezma
Segundo a Prensa Latina, a tentativa de golpe incluía o ataque a várias zonas da capital onde se situam instituições públicas e zonas residenciais, designadamente o Palácio de Miraflores (sede da presidência), os ministérios Público, dos Negócios Estrangeiros, Defesa, Educação e da Administração Interna, o Supremo Tribunal de Justiça e a cadeia de televisão Telesur.
Um dos principais envolvidos na tentativa de golpe é o brigadeiro da Força Aérea Oswaldo Hernández Sánchez, que segundo as autoridades venezuelanas denunciou a participação de Borges no conluio. Sánchez esteve envolvido numa intentona semelhante, no ano passado, mas foi perdoado graças à «benevolência da revolução bolivariana», que segundo o presidente Maduro leva por vezes as autoridades a «atuar com magnanimidade» porque são «chavistas». O presidente garantiu ainda que todos os implicados na tentativa de golpe foram presos.

brigadeiro Oswaldo Hernández Sánchez
Na ocasião, Cabello sublinhou o envolvimento norte-americano na tentativa de golpe e mostrou computadores, uniformes, telefones e armas para a operação, que foram apreendidos pelas forças de segurança graças aos «jovens oficiais que forneceram a informação necessária para levar a cabo uma investigação mais ou menos extensa».
Repudiando mais este ataque à Venezuela, Cabello deixou no ar uma pergunta pertinente: por que é que Washington persiste em intervir num «pequeno país que não representa perigo para ninguém e que apenas decidiu ser livre?» 



CELAC repudia  sanções dos EUA


A Comunidade de Estados Latino-Americanos e Caribenhos (CELAC) divulgou entretanto um comunicado em que reitera o seu repúdio pela aplicação ilegais, pelos EUA, de medidas coercivas unilaterais contra a Venezuela, contrárias ao direito internacional.
Manifestando a sua preocupação pelo fato de o governo norte-americano ter aprovado uma lei que aplica novas sanções contra membros do governo da República Bolivariana da Venezuela, a CELAC reafirma os princípios da Proclamação da América Latina e do Caribe como Zona de Paz, (acordada na sua II Cimeira, realizada em Havana nos dias 28 e 29 de Janeiro de 2014), em que se insta todos os estados membros da comunidade internacional a respeitar plenamente aquela Proclamação nas suas relações com os estados membros da CELAC, incluindo o compromisso de não intervir, direta ou indiretamente, nos assuntos internos de qualquer outro Estado e de observar os princípios da soberania nacional, da igualdade de direitos e do direito à autodeterminação dos povos.
Apelando à promoção do diálogo e da cooperação entre os estados membros como um meio para fomentar o desenvolvimento político, social e económico de todos, a CELAC insta os estados a abter-se de qualquer acção que possa afectar esse diálogo.

O Primeiro Ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, mentiu descaradamente em seu discurso na ONU

O Primeiro Ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, assegurou, em 2012, que o Irã estava prestes a fabricar uma bomba atômica. Entretanto, segundo o Diário Sueco, Dagens Nyheter, o homem forte israelense, mentiu deliberadamente, pois o próprio serviço secreto de seu pais sustentava exatamente o contrario de suas fantasias.

GOVERNO TUCANO USOU A MÁQUINA PÚBLICA PARA INSTALAR OS MINERODUTOS, PRINCIPAL RESPONSÁVEL PELA CRISE HÍDRICA EM MINAS GERAIS


 
 

O agravamento da crise hídrica em Belo Horizonte e região metropolitana, anunciado pela Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa), coloca sobre o cidadão a missão de reduzir em até 30% o uso de água. Mas o que se gasta em casa nas torneiras e chuveiros representa apenas de 10% a 15% do total consumido. A maior parte é captada pela agricultura e produção animal (70%), seguida de indústria e mineração (de 15% a 20%).

Carta Aberta dos Intelectuais Brasileiros convoca o Povo contra o golpe e em defesa da Petrobras

A GUERRA TÁ CHAMANDO!
VEM PRA LUTA VOCÊ TAMBÉM!
 
Conclamamos as forças vivas da Nação a cerrarem fileiras em torno da democracia e da Petrobras, o nosso principal símbolo de soberania.

HADDAD DESTROÇA O PIG: FOI UM PASSA MOLEQUE DE DAR DÓ!

 
O Professor Fernando se esforçou muito.
Ele deu aula de Historia, Geografia, Administração, Economia, Matematica, Portugues, Cultura...
Mas a baixa qualidade dos alunos da Jovem Velha Pan deixa muito a desejar...
APROVEITE A AULA!


PASSE LIVRE BENEFICIA PRINCIPALMENTE O ESTUDANTE DA PERIFERIA


Gratuidade é válida para alunos do ensino fundamental e médio da rede pública, de universidade pública com renda familiar per capita de até R$ 1.182 e de universidade privada beneficiários do Prouni, Fies, Bolsa Universidade ou Cotas Sociais

PERUCHE KIRIKÚ: CORAGEM E DIGNIDADE PARA SER CAMPEÃ!


 
 KARABÁ E O MENINO DO CORAÇÃO DE OURO
 
 A Peruche empolgou a avenida contando uma antiga lenda africana: Karabá e o Menino do Coração de Ouro ( inspirada na lenda Kirikú e a Feiticeira) 
Objetivando inspirar as pessoas a despertar, a buscar a verdade que existe por trás do sofrimento humano, a Peruche desfilou como sempre... Pé no chão, comunidade e muito coração.  
Assim é a comunidade perucheana. Ela sempre acredita que pode dar a volta por cima, como deu, e fazer uma grande transformação, saindo da estagnação, do derrotismo e do conformismo que por vezes toma conta das pessoas.
E a mensagem da Peruche foi extamente essa: Acreditar que tudo vai mudar, que é possível realizar todos os sonhos e alcançar a vitória e a felicidade. Este foi o segredo para a Escola se sagrar Campeã do Grupo de acesso.
Agora a luta continua pelo Campeonato no Grupo Especial.
VIVA A PERUCHE!

Resolução Política do PT reafirma: IMPITIMAM É MEUSOVO!

 

Resolução Política
Reunido em Belo Horizonte, no dia 6 de fevereiro de 2015, nas comemorações dos 35 anos do Partido dos Trabalhadores, o Diretório Nacional resolve:
Expressar ampla solidariedade e defender o governo da presidenta Dilma contra os ataques da oposição de direita.
Condenar a ofensiva e denunciar as tentativas daqueles que investem contra a Petrobrás, pois, a pretexto de denunciar a corrupção que sempre combatemos, pretendem, na verdade, revogar o regime de partilha no pré-sal, destruir a política de conteúdo nacional e, inclusive, privatizar a empresa. É nosso dever fortalecer a Petrobrás e valorizar seus trabalhadores. É nossa tarefa também defender a democracia e as conquistas do povo, denunciar as tentativas de desqualificar a atividade política e de criminalizar o PT.

UM SALTO PARA O FUTURO: Inaugurada a Primeira fábrica de semicondutores do hemisfério Sul

 Primeira fábrica de semicondutores do hemisfério Sul
será inaugurada em 2015 no Brasil
O Brasil vai sediar a primeira fábrica de semicondutores do hemisfério Sul, a Unitec, que deve entrar em operação a partir do segundo semestre deste ano. A previsão é de que o empreendimento tenha um custo total de R$ 1 bilhão, do qual R$ 207 milhões concedidos pela Finep, por meio do BNDES.

PARTIDO COMUNISTA PORTUGUES COMEMOROU A LUTA NO CAMPO

 40 anos da Reforma Agrária

O PCP celebrou os 40 anos da Reforma Agrária com um vibrante comício realizado no dia 7 em Évora, no qual se evocou a epopeia do proletariado agrícola do Sul após a Revolução de Abril e se reafirmou a necessidade de, uma vez mais, se proceder à liquidação do latifúndio e do absentismo e se entregar a terra a quem a trabalhe.

SALVE JORGE! PENSADOR, POETA E PINTOR COM TODOS OS PARAFUSOS NO LUGAR!


Jorge Marcio Andrade  é um ativista da rede. Um pensador, um poeta de mão cheia, um pintor de palavras que premia as almas que toca com sua arte, inteligência e com o doce sabor da consciência civilizatória tão necessária nesse mundo virtual e, mais ainda, no cotidiano de nossas vidas.
Obrigado Jorge por esparramar um tanto de sua beleza e do seu amor para o mundo!
Leitura obrigatória! Não deixe de beber nessa fonte.

Globo publica informação falsa sobre alteração na Wikipédia com IP do Planalto

 

O jornal  publicou mais uma daquelas graves informações falsas e manipuladoras!

 
Matéria do jornal O Globo “Wikipédia: computador do Planalto muda verbete sobre muçulmanos”, publicada neste sábado (14), atribui falsamente a IP do Palácio do Planalto alteração em artigo “Muçulmanos” na Wikipédia.

A extrema direita: um fantasma sobre o cenário político europeu


Na política, as identidades são importantíssimas: centro-direitistas, democratas cristãos ou social-democratas são democratas, mas têm diferenças significativas, muitas vezes não percebidas pelo eleitorado devido a uma verdadeira "liquefação ideológica".

Essa situação facilita o discurso das forças políticas populistas, enquanto muitos encontram esses discursos por trás dos quais se oculta a verdadeira base neofascista, diferente do discurso tradicional.

O IMPERIALISMO CONTINUA A ATACAR A VENEZUELA

EUA intensificam campanha 
contra a Venezuela

Bolivarianos resistem!
A Unasul vai tentar mediar o conflito promovido pelos EUA contra a Venezuela, que acusa o governo norte-americano de ingerência e de patrocinar a derrubada do executivo liderado por Nicolás Maduro.
Delcy Rodríguez
O ministro dos Negócios Estrangeiros do Equador revelou que, conjuntamente com os seus homólogos da Venezuela, Delcy Rodríguez, do Brasil, Mauro Vieira, e com o secretário-geral da União de Nações da América do Sul (Unasul), Ernesto Samper, vai «procurar canais de comunicação com o governo norte-americano que favoreçam o diálogo entre os dois países, no quadro do respeito pela soberania dos estados e pelo princípio da não ingerência».
Ricardo Patiño falava no final de uma reunião efetuada dia 10 de fevereiro, em Montevideu, capital do Uruguai, a pedido de Caracas, depois de os EUA terem imposto novas sanções contra altos responsáveis políticos venezuelanos, e de o diretor da Agência de Inteligência do Departamento de Estado dos EUA, general Vincent Stewart, ter afirmado, na Comissão de Assuntos Militares da Câmara dos Representantes, que em 2015 «antecipamos que as organizações estudantis e a oposição política organizem protestos nos meses anteriores às eleições legislativas».
Washington acusa os dirigentes bolivarianos de sufocarem a dissidência e reprimirem a contestação à degradação economica e social do país, mas as autoridades bolivarianas negam e consideram que esse é um falso argumento para dar cobertura à promoção de um golpe de Estado, como as palavras de Vincent Stewart indiciam.
Opinião semelhante tem, aliás, o responsável das relações externas do Equador, que na quinta-feira, 5, advertia para o apoio dos «poderes de fato» que nos EUA pretendem voltar a tomar posse dos recursos naturais da Venezuela, bem como para o perigo de desestabilização de toda a região caso o governo de Caracas fosse derrubado por uma intentona. 


Guerra economica

Parte da ofensiva passa pela guerra económica contra o país, em resposta à qual o governo bolivariano tem implementado medidas urgentes. Para que o tipo de campanha montada contra o governo de Salvador Allende, no Chile, não se repita agora na Venezuela, a palavra de ordem é combater o açambarcamento de produtos e o seu tráfico quer no mercado paralelo interno, quer para o estrangeiro. Nesse sentido, no sábado, 7, iniciou funções o Comando Popular Militar contra a Guerra Económica, cuja missão é assegurar o funcionamento regular da grande distribuição.
Paralelamente, o executivo de Caracas assumiu, sexta-feira, 6, o controle de uma cadeia de supermercados privada cujos responsáveis foram entretanto acusados de boicotar o acesso da população a bens essenciais, agravando a sensação de escassez generalizada. Perante a Justiça foram também obrigados a comparecer os diretores de uma rede de farmácias, igualmente acusados de especulação e sabotagem, nomeadamente mantendo a maioria das caixas registadoras fechadas com o objetivo de provocar longas filas de clientes, prática que os bolivarianos dizem estar sendo repetida com o intuito de criar agitação social e contestação
Antes, o governo liderado por Nicolas Maduro já havia implementado um plano que dá prioridade ao abastecimento das redes públicas de distribuição de géneros. Maduro tem apelado aos venezuelanos para que apoiem o combate à guerra economica, e mais recentemente cumpriu a promessa de aumento do salários mínimo em 15 por cento. Avançou, ainda, no programa de construção de cerca de 400 mil habitações sociais até finais de 2015. Estas medidas destinam-se a forçar a dinamização da economia através «do investimento social, em infra-estruturas e na economia produtiva», como realçou o chefe de Estado, dia 22 de Janeiro, durante a apresentação do relatório «memórias e contas» no parlamento.

Campanha multifacetada 

A desestabilização da Venezuela também se faz através de uma campanha mediática com expressão internacional, diz a ONG Jornalistas pela Verdade, que acusa os EUA de orquestrarem a ofensiva. A ONG pronunciou-se antes do atentado realizado domingo, 9, contra uma das sedes do canal estatal de televisão Vive, na cidade de Maracaibo, no Estado de Zúlia. As mesmas instalações já haviam sido visadas por explosivos em 2013, justamente no contexto do recrudescimento de uma tentativa de derrube do governo bolivariano.
Na atual campanha, destacam-se agentes externos e internos. Por estes dias, entre os primeiros emergiram a mando do serviço secreto dos Estados Unidos, os ex-presidentes da Colômbia e do Chile, Andrés Pastrana e Sebastián Piñera, respectivamente, que para além de tentarem visitar o líder do partido de extrema-direita Leopoldo López, preso desde 2014, participaram, em Caracas, num fórum da oposição com o sugestivo nome de «O poder cidadão e a democracia de hoje».
Já entre os agentes internos, ganham relevo o Observatório Venezuelano de Conflitualidade Social, que a propósito da apresentação do relatório «Conflitualidade social na Venezuela em 2014», reiterou as acusações de que o governo de Nicolás Maduro reprime a população e viola os direitos humanos, e antecipou o agravamento da conflitualidade social para este ano. Repetindo, quase ipsis verbis, as já citadas palavras do responsável dos serviços secretos norte-americano, Vincent Stewart.

ATENÇÃO GALERA! O BLOG DO FÓRUMZN INDICA ESTES CURSOS GRATUITOS

 
 
Nós fazemos esta indicação com a certeza da qualidade do Curso e a dedicação dos organizadores em prestar um serviço à comunidade desprendidos da logica opressiva do lucro.

Nós pedimos com veemência para todos ajudarem a passar a informação para frente, pois, certamente, estarão colaborando para que jovens tenham a chance de construir um futuro melhor.

MUITOS PERDEM BOAS OPORTUNIDADES APENAS POR NÃO SABER, POR ISSO, COMPARTILHE! PASSE ADIANTE!

NATO MENTE SOBRE SEU ENVOLVIMENTO NA GUERRA DA UCRANIA

Guerra sem fim à vista
Ucrânia usa armas da Nato


A Ucrânia está usando munições da Nato nos ataques a Górlovka, no Donbass, denunciou esta terça-feira, 3 de fevereiro, o porta-voz militar da República Popular de Donetsk (RPD), Eduard Basurin.
As acusações de Basurin, acompanhadas da apresentação aos jornalistas de fragmentos de dois projéteis de grande calibre encontrados em Górlovka, baseiam-se no fato de as Forças Armadas da Ucrânia não disporem de tal arsenal, e de um dos achados corresponder ao sistema de artilharia M109 usado pelas forças da Nato. 
Em declarações à imprensa, Basurin, citado pela Prensa Latina, fez notar que os EUA têm anunciado repetidamente que estão  ponderando em fornecer armamento à Ucrânia, mas isso é mentira,  o que a realidade demonstra é que de fato eles já o estão a fazer.
Também o jornal The Wall Street Journal deu conta das «intenções» da Casa Branca de fornecer mísseis antitanques e outro material bélico a Kiev. A questão, segundo o jornal, tem sido debatida pela administração Obama e pelo Pentágono.
Já o jornal The New York Times, citando fontes próprias, noticiou que tanto as cúpulas militares norte-americanas como as cúpulas da Nato – através da figura do chefe das tropas aliadas na Europa, Philip Breedlove – apoiam a ideia de dotar os nazistas em Kiev com mais meios bélicos. A mesma fonte, não identificada, admite mesmo que a projetada visita à capital ucraniana do secretário de Estado norte-americano John Kerry, possivelmente esta quinta-feira, está relacionada com este assunto.

A Rússia já reagiu, com Konstantin Kosachov, do Comité de Relações Internacionais do Senado, advertindo que o fornecimento de armas a Kiev por parte dos EUA e da Nato levará a uma escalada ainda mais grave do conflito.
O agravamento dos confrontos nos últimos dias levaram já mais de mil pessoas a abandonar Górlovka, cidade considerada estratégica para o controle da linha da frente no caminho para a região vizinha de Lugansk. Prosseguem entretanto os combates em Debaltsevo, onde as tropas de Kiev estão cercadas há mais de uma semana.
A par da escalada bélica, as autoridades nazistas de Kiev avançam com outras medidas contra a Rússia: a partir de 1 de Março, os russos que pretendam entrar no país vão deixar de poder fazê-lo com o documento (tipo bilhete de identidade) que até agora utilizavam. O objetivo assumido dos nazistas de Kiev é limitar drasticamente o acesso legal dos cidadãos russos à Ucrânia.

Itália tem novo presidente

Itália tem novo presidente

Sergio Mattarella é o novo presidente da República Italiana.

Ele esta substituindo Giorgio Napolitano que se demitiu por razões de saúde.
Juiz do Tribunal Constitucional, Mattarella, de 73 anos, fez o seu percurso político ligado à Democracia Cristã, tendo sido ministro de Guillio Andreotti. Depois aproxima-se do centro-esquerda e integra os governos de D’Alema e Amato.
Proposto pelo atual primeiro-ministro, Matteo Renzi, foi eleito chefe de Estado com 665 votos dos 1009 deputados, senadores e representantes regionais que compõem o colégio eleitoral.

Confabulando com Esopo: O Fabuloso

 
 
Esopo foi um escritor da Grécia Antiga a quem são atribuídas várias fábulas populares. A ele se atribui a paternidade da fábula como gênero literário.
Malgrado sua existência permaneça em dada medida incerta e pouco se saiba quanto à origem de várias de suas obras, seus contos se disseminaram em muitas línguas pela tradição oral. Em muitos de seus escritos, os animais falam e têm características humanas.
As fábulas de Esopo serviram como base para recriações de outros escritores ao longo dos séculos, como Fedro e La Fontaine.

ALÔ POVO DA ZN! ATENÇÃO BRASILÂNDIA! A CASA VERMELHA ESTÁ ABERTA PARA FAZER O BOM COMBATE CONTRA CAPITALISMO! TAMO JUNTO!!!

Carta Aberta

O Eleitorado Mudou:

 Queremos uma classe melhor de Políticos

Lula convoca PT a “voltar pra luta”

Segundo ele, é hora do partido voltar para a rua, com dirigentes, detentores de cargos e militância


Lula afirmou, nesta sexta-feira (6), durante reunião do Diretório Nacional do PT em Belo Horizonte (BH), que o governo da presidenta Dilma Rousseff tem todas as condições para ser exitoso. Para isso, lembrou,  é preciso um esforço concentrado do PT para combater a campanha de ódio instaurada contra o partido, seu governo e militantes.

“Se a ficarmos quietos, a sentença já está dada”, declarou.

10 de Fevereiro - Dia Nacional de Mobilização e Coleta de Assinaturas para a Reforma Política



No dia 10 de fevereiro, quando o PT comemora seu aniversário de 35 anos, a secretária nacional de organização do Partido dos Trabalhadores vai realizar o Dia Nacional de Mobilização e Coleta de Assinaturas para a Reforma Política.

O PT propõe mudar as regras das eleições para melhorar o sistema político brasileiro, fortalecer a Democracia e dar mais transparência ao Processo Eleitoral. Para tal, o partido vai mobilizar a sociedade em torno de uma proposta de reforma política de verdade, sintonizada com os novos tempos. Assim, vamos colher pelo menos um milhão e meio de assinaturas para levar ao Congresso Nacional um Projeto de Iniciativa Popular capaz de, a partir da convocação de uma Assembleia Nacional Constituinte exclusiva, lançar as bases de um novo modelo de escolha e de representação popular.


O INSUPORTAVEL MAU CHEIRO DA "IMPARCIALIDADE" DA MIDIA OCIDENTAL

Cuba, os dissidentes e

Sem autorização para acontecer, ‘manifestação artística’ terminou com várias pessoas detidas

o direito de manifestação


Por Salim Lamraniprofessor-titular da Universidade de la Reunión e jornalista, especialista nas relações entre Cuba e Estados Unidos, Doutor em Estudos Ibéricos e Latino-americanos da Universidade Paris Sorbonne-Paris IV.

Os meios de comunicação ocidentais foram o eco da proibição de uma manifestação da oposição, sem lembrar que o mesmo acontece diariamente nas democracias ocidentais
O artista, Yoshitomo Nara, foi preso por desenhar um personagem de uma paragem de comboio. Ele disse que a noite que passou na cadeia foi  "uma boa experiência na minha vida". Uma fonte estima que, se a autoridade de trânsito não tivesse limpado trabalho de arte de Nara, eles poderiam ter vendido por até US $ 10.000,00.

A proibição da manifestação organizada pela artista plástica cubana Tania Bruguera, que mora nos Estados Unidos, prevista para o dia 30 de dezembro de 2014, na Praça da Revolução, lugar emblemático de Havana onde acontece a maioria dos eventos políticos oficiais, levantou muitas polêmicas e controvérsias. A imprensa ocidental apontou o dedo para o governo cubano, acusando-o de restringir a liberdade de expressão e de atentar contra os direitos fundamentais.[1]
Um ativista político de 71 anos de idade, admitiu "spraying" as letras  "SLA". Ele foi acusado de conduta criminosa, preso em Miami e multado em $ 5.000

A convocatória, sob cobertura da expressão artística denominada “o sussurro de Tatlin #6”, era, na verdade, uma plataforma política aberta aos setores da oposição, inclusive aos ligados à Seção de Interesses norte-americanos, que recebem financiamento de Washington para suas atividades. Várias iniciativas similares estavam previstas para o mesmo dia em Nova York e Miami. As autoridades da capital decidiram não outorgar uma permissão oficial a essa iniciativa.[2]
MIDZT foi erroneamente preso por ser o famoso "pegador gato" de Los Angeles, ele foi tratado como qualquer outro vândalo mal-intencionado. A CBS chegou a enviar uma equipe de filmagem para acompanhar a prisão humilhante ao vivo do seu local de trabalho.
O Conselho Nacional de Artes Plásticas (CNAP) de Cuba não se solidarizou com Tania Bruguera, acusando-a de instrumentalizar sua ligação com a instituição para organizar uma manifestação que não era artística, mas política. Por sua vez, a Associação de Artistas Plásticos da União de Escritores e Artistas de Cuba denunciou “uma provocação política” cujo objetivo é “se situar contra as negociações [entre Raúl Castro e Barack Obama] que dão esperança a muitos seres humanos, em primeiro lugar aos onze milhões de cubanos”.[3]

Polícia de Nova York levou investigação de dois meses para prender o artista "MOUSTACHE" e acusando-o de 1,5 mil dólares de danos.
Ignorando a decisão das autoridades governamentais, Tania Bruguera decidiu manter sua convocatória, o que fez que a polícia a detivesse durante algumas horas por violar a decisão oficial, por resistência e desordem. A polícia também impediu que outras figuras da oposição, como Yoani Sánchez e seu marido, Reinaldo Escobar, participassem do acontecimento.[4]
Os Estados Unidos expressaram sua preocupação e condenaram a prisão de uma dezena de pessoas. O Departamento de Estado publicou um virulento comunicado contra o governo de Havana: “Condenamos energicamente o acosso contínuo por parte do governo cubano e o recurso reiterado à detenção arbitrária, às vezes com violência, para silenciar os críticos, perturbar as reuniões pacíficas e a liberdade de expressão e intimidar os cidadãos”.[5]

ZEB, New York. Punição: $ 6.910 de restituição, 25 dias de serviço comunitário.
Entretanto, o que a imprensa ocidental e Washington omitem é que Tania Bruguera teria sido presa em qualquer democracia ocidental. Conseguir uma autorização das autoridades para se manifestar é um requisito indispensável. Na França, por exemplo, onde se rejeitam centenas de petições de manifestação todas as semanas, está terminantemente proibido organizar uma agrupação sem o acordo escrito do departamento de polícia. A petição tem de ser feita “pelo menos um mês antes da data da manifestação” e “este prazo será de três meses como mínimo, se o evento projetado for agrupar muita gente”.[6]
100 presos, nove feridos: Violentos confrontos na França depois de um manifestante morto 'por granada de polícia "

Por outro lado, “cada petição deve conter toda a informação útil sobre o organizador (pessoa física ou jurídica) e sobre a manifestação (natureza, data, lugar, horário, número de participantes…)”. Na França, os organizadores de manifestações são penalmente responsáveis por todos os danos que o evento possa causar. O departamento de polícia insiste nesse ponto: “o organizador deve assumir a tarefa da segurança geral no local dedicado à manifestação. No caso de danos por imprudência ou negligência, a responsabilidade civil, inclusive penal, do organizador pode ser invocada tendo por base o artigo 1382 e os seguintes do Código Civil e os artigos 121-1, 121-2, 223-1 e 223-2 do Código Penal”.[7]

Assim, durante o verão de 2014, a França foi o único país do mundo que proibiu as manifestações de solidariedade à Palestina depois da mortífera agressão de Israel contra Gaza. A polícia dispersou violentamente os manifestantes e realizou dezenas de detenções. A justiça sancionou severamente várias pessoas por violar a proibição.[8]
Milhares de manifestantes pró-palestinos marcharam em cidades francesas de condenar a violência em Gaza, desafiando uma proibição imposta pelo governo francês.
A negativa das autoridades cubanas em dar a autorização é facilmente compreensível. A Praça da Revolução agrupa as sedes do governo, do Comitê Central do Partido Comunista e das Forças Armadas. Na França, seria impensável uma manifestação em frente ao Palácio do Eliseu, onde mora o presidente da República.

Outra vez, um acontecimento banal — uma manifestação não autorizada e a detenção dos protagonistas que não respeitaram a decisão das autoridades — que passaria despercebida em qualquer outro país do mundo, é o primeiro plano da imprensa internacional quando se trata de Cuba. Isso é bastante ilustrativo do nível de imparcialidade dos meios de comunicação nas democracias ocidentais.



FONTES:
[1]Nora Gámez Torres, « La artista Tania Bruguera está detenida en Cuba », El Nuevo Herald, 31 de dezembro de 2014.
[2]Ibid.
[3]UNEAC, « Declaración de la Presidencia de la Asociación de Artistas Plásticos de la UNEAC », 30 de dezembro de 2014.
[4]EFE, “Tania Bruguera está detenida por resistencia y desorden, según Policía cubana”, 31 de deembro de 2014.
[5] Jeff Rathke, « Detention of Activists », U.S. Department of State, 30 de dezembro de 2014. http://www.state.gov/r/pa/prs/ps/2014/12/235550.htm (site consultado em 31 de dezembro de 2014).
[6] Préfecture de Police de Paris, « Manifestation sur la voie publique ou sur tout espace ouvert au public », Ministère de l’Intérieurhttp://www.prefecturedepolice.interieur.gouv.fr/Demarches/Professionnel/Securite-et-accessibilite-des-batiments/Manifestation-sur-la-voie-publique-ou-tout-espace-ouvert-au-public (site consultado em 28 de abril de 2014).
[7]Ibid.
[8] Charlotte Oberti, « Manifestation en soutien de Gaza interdite à Paris : des dizaines d’interpellations », France 24, 19 de julho de 2014. http://www.france24.com/fr/20140719-live-direct-paris-manifestations-pro-palestiniens-gaza-interdiction-israel/ (site consultado em 1 de janeiro de 2015).