NOVA DERROTA TUCANA À VISTA: O POVO GREGO VAI ELEGER UM PRESIDENTE CORAÇÃO VALENTE!

O líder do Syriza, Alexis Tsipras, de apenas 38 anos, faz um discurso à multidão em Atenas: sondagens mostram chances de eleição.

Num país onde os velhos políticos da direita perduram e se revezam no poder há décadas, Alexis Tsipras já pode erguer um troféu: impetuoso, autoconfiante e carismático, o mais jovem líder político da Grécia, um marxista de 38 anos, está quase chegando ao comando do país — com a ajuda dos manifestantes das ruas.

Economia está sólida e pronta para novo ciclo de crescimento, diz Mantega

No relatório Economia em Perspectiva, divulgado pelo Ministério da Fazenda, o ministro Guido Mantega diz que a economia do país está “sólida e, com os devidos ajustes, preparada para engatar um novo ciclo de crescimento nos próximos anos”.  O documento é um balanço do governo sobre o cenário econômico nacional.

Estudantes terão tarifa zero nos ônibus de São Paulo

505 mil alunos da rede pública e de baixa renda na rede particular terão passe livre no transporte municipal. Bilhetes únicos mensal, semanal e diário terão suas tarifas atuais mantidas. 



A Prefeitura de São Paulo, por meio da Secretaria Municipal de Transportes (SMT) e da São Paulo Transporte (SPTrans), concluiu os estudos para definição das novas tarifas dos ônibus na cidade, cujos preços estão congelados há quatro anos.  A Prefeitura decidiu implantar o passe livre para 505 mil estudantes, sendo aproximadamente 360 mil alunos da rede pública e 145 mil matriculados na rede particular de ensino, mas de baixa renda, incluindo os que fazem cursos no nível superior. Os critérios para definição de baixa renda já foram estabelecidos em legislação aprovada pela Câmara Municipal.

COM A PALAVRA NA ZN - FRANSCISCO BARCIELA - CHICÃO. UMA REFLEXAO IMPORTANTE SOBRE A ZONA NORTE!


 OS PROJETOS  PARA A ZONA NORTE
DEVEM SER CONSTRUIDOS COM OS PARCEIROS
ESSA É A CONDIÇÃO BASICA PARA  SUPERAR  OS VERDADEIROS INIMIGOS DO PROJETO VITORIOSO NA ULTIMA ELEI ÇÃO.  E ESSES INIMIGOS SE PAUTAM PELO  ATRASO.
Fonte: Blog da Zona Norte
ELES SE ESFORÇAM PELA PARALISIA NO  PLANO CONCRETO, DAS OBRAS, E SÃO PEQUENOS E FUTEIS NO PLANO  CIVILIZATORIO, QUE SÃO  DUAS DIMENSOES IMPORTANTES PARA DEMARCAR O AVANCO DA CIDADANIA NA REGIÃO.

A BRUTALIDADE DO IMPERIALISMO SENDO DERROTADA PELO SUCESSO CUBANO

Derrubar Golias
A Revolução Cubana é uma história inacreditável que deixou de ser impossível. 

Quem podia acreditar que 82 guerrilheiros inexperientes poderiam começar uma revolução? Quem podia acreditar que essa revolução venceria um exército apoiado pelos EUA? E quem podia acreditar que seria possível construir o socialismo a 140 quilómetros do coração do imperialismo, mesmo depois do desaparecimento da URSS e enfrentando o rancor da maior potência económica do planeta? Mas sobretudo, quem podia crer que nesta pequena ilha se instauraria uma das sociedades mais avançadas do mundo, onde o culto da dignidade humana é a primeira lei? Há 55 anos que Cuba demonstra ao mundo que mesmo nas condições mais difíceis é possível fazer muito com muito pouco e transformar em verdade o inverosímil: Cuba é a inverosimilhança mais bonita da História Americana.

No ano 2001, Fidel prometeu que os cinco patriotas cubanos presos nos EUA voltariam a casa. «Inverosímil», respondia o editorial do New York Times há precisamente 13 anos. Voltaram! Depois de quase vinte anos encarcerados por terem exposto os planos de grupos terroristas sediados em Miami, os últimos três heróis cubanos foram libertados, abrindo passo ao prospecto de normalização das relações entre os EUA e Cuba. Em discursos simultâneos no passado dia 17, Obama reconheceu a vergonhosa derrota da estratégia da asfixia contra Cuba e o presidente Raúl Castro anunciou, a par da libertação de dois agentes estado-unidenses, o restabelecimento das relações diplomáticas. Entre as primeiras medidas conhecidas, que desimpedem alguns obstáculos ao turismo, ao comércio e à cooperação, fica patente o afrouxamento do criminoso bloqueio que já custou à ilha mais de 1,1 trilhões de dólares.

O «terrorismo» que Cuba promove

Neste momento de justificada alegria, devemos questionar a razão de tanto ódio. Por que razão estava Cuba, até há poucos dias, na risível lista de «países promotores do terrorismo»? Nem mesmo o Partido Republicano acusa Cuba de promover o «terrorismo», mas alguma coisa em Cuba os aterroriza: o seu exemplo. A 90 milhas dos EUA, onde um curso superior custa em média 80.000 dólares, Cuba mostra que a educação pode ser gratuita e de qualidade; num momento em que nos EUA explode a revolta contra o racismo, preconceito e a brutalidade policial, Cuba, onde os polícias andam desarmados, é a prova viva de que o racismo pertence ao passado. Cuba aterroriza aos 'coxinhas' que enchem a boca de «impossíveis» e «inverosímeis» porque mostra que é possível um sistema de saúde gratuito, universal e de alta qualidade, uma taxa de desemprego abaixo dos 2% e uma taxa de analfabetismo de 0,2%.
O que aterroriza o imperialismo é isso: saber que se a América Latina tivesse a taxa de mortalidade infantil de Cuba, seriam salvas anualmente 800.000 crianças; que das 30.000 crianças que morrem diariamente vítimas de sarampo, malária, difteria e desnutrição, nenhuma é cubana; que das 200 milhões de crianças que todas as noites dormem nas ruas, nenhuma é cubana. Cuba aterroriza a classe merdia e apavora os senhores do dinheiro porque não exporta bombas como o amado e idolatrado  EUA, exporta mais médicos ao Brasil e a outros lugares. Porque é um farol de claridade num oceano poluído de injustiça e obscurantismo, um enclave de liberdade cercado pela tirania do lucro que despreza a vida.

Cuba vencerá!


A virada estratégica estado-unidense não é, portanto, inocente. Por um lado, a Casa Branca pretende preparar terreno para a crucial Cupula das Américas em 2015 e romper o crescente isolamento internacional gerado pela política de agressão contra Cuba. Ilustrativamente, em Outubro passado, dos 193 estados-membro da ONU, 188 votaram a favor do fim do bloqueio e apenas dois defenderam da sua manutenção: os EUA e seu cachorro, Israel. Também neste sentido, Obama joga habilmente com o calendário, aproveitando a tendência de moderação dos eleitores cubanos na Florida e o final do seu próprio mandato, procura resolver (e remover) os assuntos espinhosos no caminho de Hillary Clinton, a mais que provável candidata democrata às próximas presidenciais. Por outro lado, como o próprio Obama admitiu, o problema da estratégia de bloqueio não é ser injusta, é não funcionar. 

Na nova relação dos EUA com Cuba caberá um espectro de agressões completamente novo: Obama julga poder destruir o socialismo inundando a ilha de ONG mais obedientes que drones, investindo milhões no desenvolvimento da incipiente burguesia cubana, amarrando a ilha caribenha à dependência económica e financeira do dólar e quebrando a estrutura moral da cultura cubana com o consumismo histérico e o individualismo patológico que grassam a Norte.
Golias não desistiu, apenas compreendeu que precisa de mais do que força bruta. O imperialismo nunca perdoará a rebeldia de Cuba nem fará as pazes com o seu exemplo. Mas esta batalha está ganha: o socialismo resistiu, o bloqueio falhou, os cinco voltaram a casa e o mundo inteiro amanheceu mais livre.

JOSÉ MUJICA TIENE UN CORAZÓN DE LEÓN




Discurso completo de Pepe Mujica, presidente do Uruguai en Guadalajara en donde fue condecorado con el galardão Corazón de León en el Auditório Salvador Allende de la Universidad de Guadalajara este 6 de Diciembre de 2014. 

ALBA COMPLETA 10 ANOS

Cúpula da ALBA-TCP
Dez anos notáveis




Assinalou-se, no dia 14 de Dezembro, uma década de existência da Aliança Bolivariana para os Povos da Nossa América – Tratado de Comércio dos Povos (ALBA-TCP), cuja constituição se deve a Hugo Chávez e Fidel Castro.

Os dez anos do lançamento da ALBA-TCP pelos ex-presidentes da Venezuela e de Cuba, a 14 de Dezembro de 2004, e o vigésimo aniversário do encontro entre ambos, no mesmo dia e no mesmo mês – que é considerado como percursor dos processos de integração e cooperação anti-imperialistas que hoje prosseguem –, foram, justamente, destacados na cúpula realizada em Havana, capital de Cuba.
Cuba e Venezuela foram fundamentais para o avanço libertador e soberano registado, contrário ao domínio norte-americano no subcontinente. Esse fato também não foi esquecido pelos representantes dos países membros da estrutura multilateral, os quais, além do mais, mantiveram na declaração final palavras solidárias e fraternas para com os povos de Cuba e da Venezuela: o primeiro alvo de um criminoso bloqueio há mais de meio século e qualificado por Washington como «patrocinador do terrorismo», e o segundo na mira do imperialismo com novas e graves sanções.

Destaque na cúpula comemorativa, foi a inclusão de Granada e São Cristobal e Neves como membros de pleno direito na ALBA-TCP – juntando-se a Cuba, Venezuela, Equador, Nicarágua, Antigua e Barbuda, Bolívia, Dominica, Santa Lúcia e São Vicente e as Granadinas –, a presença ao mais alto nível de El Salvador como convidado especial e do Haiti como convidado permanente, e a saudação enviada pelo presidente russo, Vladimir Putin, para quem a Aliança é um exemplo da aplicação das ideias de Simón Bolívar na base des interesses políticos e económicos comuns.
Convergência tendo como objectivo o progresso e bem-estar dos povos que, sublinhou por seu lado o presidente venezuelano, Nicolás Maduro, tem de se aprofundar, pois «cada um para seu lado está condenado ao fracasso», disse.
Progresso efetivo

Na cúpula, o anfitrião e presidente de Cuba lembrou que a ALBA-TCP foi fundada como «alternativa real ao modelo económico e social que se pretende hegemónico, mas que hoje se afunda sem uma saída visível». 
Raúl Castro realçou, igualmente, os progressos inegáveis em resultado da Aliança que nasceu como resposta à Área de Livre Comércio das Américas que os EUA procuraram impor nos primeiros anos do século XXI. Um década depois, a ALBA-TCP vai, porém, muito além de uma plataforma reactiva, consolidando-se como um espaço vital. Disto servem de exemplo a constituição da zona económica ALBA-Petrocaribe ou o avanço da Comunidade de Estados Latino-Americanos e Caribenhos (CELAC).

Alguns indicadores provam não só que para a ALBA-TCP os principais inimigos dos povos são a pobreza, a injustiça e a desigualdade, como ainda que nenhuma organização semelhante fez tanto em tão pouco tempo. Em dez anos, a escolaridade nos países membros ronda, em média, os 90 por cento; cinco milhões de pessoas foram alfabetizadas e Cuba, Venezuela, Nicarágua e Bolívia foram considerados pela Unesco países livres de analfabetismo. No mesmo período e entre os países da Aliança, o desemprego caiu continuamente, o PIB conjunto cresceu quase 24 por cento; mais de 7,5 milhões de pessoas receberam assistência médica gratuita e formaram-se quase 22 mil médicos.

Periferia terá redução média do IPTU residencial de 10,89%

 
Com a lei, serão isentos mais um milhão de imóveis residenciais e de aposentados com rendimentos até três salários mínimos 
 
Para beneficiar mais da metade dos imóveis localizados na a periferia da cidade, a Prefeitura de São Paulo irá reduzir, em média, 10,89% do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU), com relação aos valores lançados em 2014. A redução do valor representa 329.950 edificações, 312.259 destas residenciais. Ao todo, serão isentos em 2015 mais de 1.1 milhão de contribuintes na de diferentes regiões da cidade, sendo cerca de 1.07 milhão deles imóveis residenciais e 29 mil comerciais.

CONFIRA OS PRINCIPAIS TRECHOS DA CONVERSA ENTRE A PRESIDENTA DILMA E OS JORNALISTAS (22/12/2014)




Em café da manhã com os jornalistas setoristas do Palácio do Planalto, a presidenta Dilma Rousseff afirmou que a adoção de uma política econômica mais ortodoxa é compatível com a manutenção das políticas sociais, enfatizou a necessidade de uma reforma política e afirmou que, até o próximo dia 29, deverá ter “quase todos os ministros” de seu segundo mandato indicados. Confira, abaixo, os principais trechos da conversa entre a presidenta e os jornalistas.



Discurso da Dilma durante a sua cerimônia de diplomação - Ela convoca pacto nacional contra a corrupção




Íntegra - Discurso da presidenta Dilma 

IMPUNIDADE CONTINUA NO PARAGUAI

Depois do golpe paraguaio

Foi detido o jornalista que investiga alegadas torturas perpetradas pela polícia paraguaia

A prisão de Paulo López ocorreu domingo, 14, à sua chegada a Assunção proveniente da Argentina, alertou o Sindicato dos Jornalistas do Paraguai (SPP), que recorda que López já havia sido colocado sob custódia, no início deste ano, após ter desvendado as detenções arbitrárias realizadas pelas autoridades, na sequência das quais, aliás, apresentou queixa junto do Ministério Público com o apoio do SPP.

De acordo com Santiago Ortiz, secretário-geral do Sindicato de Jornalistas do Paraguai (SPP , na sigla em espanhol), praticamente não houve “investigações sobre o processo de López” e ele deve se convocado no próximo dia 23 de dezembro para reconhecer os policiais denunciados.

O líder sindical afirma que o jornalista agora deve passar por penas alternativas, incluindo a proibição de deixar o país e a obrigatoriedade de comunicar à autoridades todas as suas movimentações.

Conectando São Paulo- Aproveite o Fim de Semana para Navegar nas Praças da cidade

 
 

Acesso livre e gratuito à internet em 121 praças
e locais públicos da cidade
 
 

Dilma assume presidência do Mercosul no dia em que Obama assume Cuba

 
Medidas relacionadas à cidadania dos cidadãos sulamericanos, inclusão da Bolívia no bloco e acordos comerciais de preferência tarifária são o foco central da reunião de cúpula dos países do Mercosul, que acontece nesta quarta-feira (17), na cidade de Paraná, Província de Entre Rios, na Argentina.
No encontro, que teve início nesta manhã, a presidenta Dilma Rousseff assumiu em nome do Brasil a presidência pro tempore do bloco pelo período de seis meses, no lugar de Cristina Kirchner, presidenta da Argentina.

Foro de São Paulo discute quadro pós-eleitoral na América Latina

 A reunião de representantes dos partidos políticos do Foro de São Paulo foi encerrada, nessa terça-feira (16), em Brasília, após debater os impactos das eleições na América Latina. O  grupo também definiu uma pauta de atividades a ser concretizada até março de 2015, quando haverá nova reunião, desta vez, no México – país que irá sediar o XXI Encontro.

#CHORANACANTAREIRA! Aprovação e confiança em Dilma aumentam, diz CNI/Ibope

 
 

52% aprovam maneira de a presidente governar
e 51% confiam na presidenta
Pesquisa Ibope encomendada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), divulgada nesta quarta-feira (17), aponta crescimento da aprovação dos brasileiros em relação governo da presidenta Dilma Rousseff. Além disso, o levantamento mostra aumento da confiança da população no governo Dilma.
De acordo com a pesquisa, 52% dos entrevistados aprovam a maneira de governar da presidenta. Em levantamento realizado pelo instituto, em setembro, o índice ficou em 48%. Além disso, a confiança em Dilma passou de 45%, em setembro, para 51%.

OBAMA PRONTO PARA ANUNCIAR O FIM DO EMBARGO A CUBA

Obama anuncia EUA vai restabelecer
relações diplomáticas com Cuba


(Reuters) - O presidente Barack Obama anunciou os Estados Unidos vão restabelecer relações diplomáticas com Cuba que decepadas mais de 50 anos atrás, puxando a resistência dos legisladores que se opõem à conciliação com a ilha comunista.

Após 18 meses de negociações secretas facilitados pelo Vaticano e Canadá, Obama e o presidente cubano, Raúl Castro concordou por telefone na terça-feira em uma troca de prisioneiros e a abertura de embaixadas nos países uns dos outrosEm um discurso de televisão na quarta-feira, Obama anunciou o fim do que ele chamou de uma política rígida e ultrapassada de isolar Cuba que tinha sido ineficaz na consecução de mudanças na ilha.

Obama disse que a nova posição foi possível graças a libertação de Havana do americano Alan Gross, de 65 anos, que tinha sido preso em Cuba por cinco anos.
Cuba também está liberando um agente de inteligência que espionou para os Estados Unidos e foi preso por quase 20 anos, e os Estados Unidos em troca libertou três agentes de inteligência cubanos detidos nos Estados Unidos.Ao mesmo tempo, Castro saudou a troca de prisioneiros e elogiou Obama. Conhecido por seu estilo discreto, Castro evitou declarações triunfais em seu discurso televisionado, mas disse que a libertação dos três cubanos foi motivo de "enorme alegria para as suas famílias e todos os nossos povos."

Raúl Castro anuncia a volta dos antiterroristas cubanos, presos nos EUA - Os Cinco cubanos estão livres

Raúl Castro anuncia volta a Cuba dos antiterroristas presos nos EUA

Em pronunciamento especial transmitido em rede nacional de rádio e televisão, o presidente informou a chegada de Ramón Labañino, Gerardo Hernández e Antonio Guerrero, pertencentes ao grupo internacionalmente conhecido como Os Cinco.



Antes já tinham retornado à ilha os também lutadores antiterroristas René González e Fernando González.

DESDE 2007, ISRAEL IGNORA A ONU E CONTINUA O BOMBARDEAMENTO DA SIRIA

Israel ataca Síria
O governo de Damasco condenou no dia 8, os novos bombardeamentos israelitas contra território sírio, considerando-os uma prova do apoio de Telavive aos grupos terroristas presentes no país.

Caças israelitas atacaram no domingo zonas seguras de Dimas e do Aeroporto de Damasco, situadas nos arredores da capital, referem as autoridades sírias em carta enviada ao secretário-geral da ONU e ao presidente do Conselho de Segurança, fazendo notar que os bombardeamentos se inserem no contexto de apoio israelita às organizações terroristas que operam na Síria, especialmente desde os importantes avanços alcançados pelo exército nas províncias de Deir Ezzor (Leste) e Alepo (Norte).
O ataque, refere ainda a carta, visa desviar as atenções dos crimes cometidos por Israel nos territórios palestinianos ocupados, em violação do direito internacional e das resoluções da ONU.

Face a esta situação, a Síria pede ao Conselho de Segurança e à comunidade internacional a denunciar «de forma contundente esta flagrante agressão» e a impor sanções a Israel para o obrigar a pôr fim a estas ações.
O ataque de domingo coincidiu com o envio, pelas autoridades sírias, de uma carta ao secretário-geral da ONU e ao presidente do Conselho de Segurança em que Damasco reitera a soberania da Síria sobre os Montes Golan, ocupados por Israel desde 1967.

Cúpula climática de Lima foi concluída com alguns avanços

Depois de longas horas de negociações e com dois dias de atraso, foi concluída a Conferência das Nações Unidas sobre Mudança Climática (COP20), com um documento que aponta as bases para se combater o aquecimento global.


Os 195 países participantes, aprovaram o "Chamado de Lima para a Ação Climática", o qual deverá ser trabalhado nos diferentes grupos para ser assinado na COP21 de Paris, em 2015.

O ISIS tem todas as marcas de um grupo jihadista patrocinado pela CIA

ISIS: Uma Criação da CIA para justificar a Guerra no Oriente Médio e a Repressão no Ocidente
A ideia da CIA de financiar um grupo islâmico para promover seus interesses políticos não é tão "absurda". Na verdade, existem vários casos óbvios na história recente em que os EUA apoiaram abertamente os grupos islâmicos extremistas (apelidados de "combatentes da liberdade" nos meios de comunicação de massa). O exemplo mais flagrante e bem documentado é a criação do mujahidin no Afeganistão, um grupo que foi criado pela CIA para atrair a União Soviética em uma "armadilha afegã".

O TRABALHADOR EM BRUXELA LUTA CONTRA O CAPITALISMO

Terceira greve regional na Bélgica
Contestação alarga-se

Uma nova jornada de greves, pela terceira semana consecutiva, paralisou as regiões de Bruxelas, Brabante Valão e Brabant Flamengo, na Bélgica, em protesto contra o programa antipopular da coligação governamental de direita.

A contestação ao novo governo de direita, onde pontificam os nacionalistas flamengos, prosseguirá na próxima segunda-feira, dia 15, com greve geral em todo o país.

Em causa está todo um programa de medidas anti-sociais, que incluem o aumento da idade da aposentadoria, alterações ao regime das pensões e a suspensão da atualização salarial anual.

Na segunda-feira, 8, a capital Bruxelas ficou praticamente isolada. Os acessos foram bloqueados por numerosos piquetes de greve, que montaram barricadas em pontos-chave.
Os comboios não circularam, o mesmo acontecendo com o metro, trens ou onibus.
O aeroporto internacional esteve praticamente parado, tendo sido cancelados cerca de 300 voos, ou seja, perto de metade dos previstos.

As escolas primárias e secundárias e universidades fecharam e os hospitais garantiram apenas os serviços de urgência.
A greve refletiu-se também no comércio e serviços, com o fechamento das grandes cadeias de distribuição e agências bancárias
Na indústria, as grandes unidades pararam a produção, tal como aconteceu no porto de Bruxelas.
À paralisação adeririam ainda trabalhadores das cadeias públicas de televisão RTBF e VRT, obrigando à substituição das emissões habituais por outros programas.
Nas províncias de Brabante Valão e Brabante Flamengo, fronteiras a Bruxelas, o cenário era semelhante, com grande parte da atividade económica paralisada.

O movimento foi seguido por associações de estudantes, profissionais da cultura, imigrantes e mesmo pequenos comerciantes.
Em Bruxelas e Louvain, a plataforma cívica «Hart boven Hard», que agrupa mais de mil associações contra a austeridade, organizou piquetes de greve formados por ciclistas.
«Há 20 anos que não se via uma tal mobilização em Bruxelas», disse à AFP Nic Görtz, dirigente do sindicato cristão CSC.

Há alternativas

Provando que a maioria da população acredita em políticas alternativas à austeridade, uma sondagem conhecida no dia da greve revelou que 84 por cento dos inquiridos é favorável a um imposto sobre as grandes fortunas.

Tal é a proposta do Partido do Trabalho da Bélgica, que contrapõe a tributação efetiva do capital aos cortes preconizados pelo governo de direita.
Em cinco anos, a atual coligação governamental pretende reduzir 11 bilhões de euros na despesa pública.

FELIZ DIA 13 PRESIDENTA! ESTAMOS JUNTOS NA LUTA! A ZN DA O RECADO EM ATO PRO DILMA


 

ATENÇÃO GOLPISTAS!
O PT É POR DILMA E DILMA É PELO PT!

Nesta tarde do chuvoso dia 13,  o vão do Museu de Arte de São Paulo - MASP foi ocupado por cerca de 700 militantes e simpatizantes do Partido dos Trabalhadores. O Ato aconteceu em apoio ao governo Dilma, em desagravo a Deputada Maria do Rosário, pela Cassaçãode Bolsonaro (CLIQUE)

 e  em Defesa de pautas progressistas como: Reforma Politica, Revogação da Lei de Anistia, Democratização da comunicação e regulamentação da mídia.