O JOVEM IBRAIN TODASHER FOI MORTO DURANTE INTERROGATÓRIO PELO FBI

Jovem FBI assassinado durante interrogatório

Morre o jovem Todasher de 26 anos, assassinado pelo FBI, sem confirmação oficial do seu envolvimento no atentado em Boston. Para essa ocorrência bastou um indício de participação por ser amigo de Tsarnaev.


.


Jovem  assassinado durante interrogatório do FBI

O Federal Bureau of Investigation dos Estados Unidos (FBI) matou um jovem de 26 anos que era acusado de ter ligações nos atentados em Boston (nordeste dos EUA), em meados de abril, que deixou três mortos e 180 feridos. O incidente ocorreu enquanto o menino estava sendo questionado em interrogatório.

O porta-voz do FBI Dave Couvertier, disse à imprensa que o  "o agente cumpriu com as suas responsabilidades quando atirou e matou o rapaz" e acrescentou que o incidente ocorreu em Todashev no apartamento localizado nos arredores de Orlando no número 6022 Peregrine Avenue.

O jovem Jusen Taramov, suposto amigo da vítima, confirmou à televisão local que Todashev conhecia Tamerlan e que eram amigos. Eles se conheceram na área metropolitana de Boston: "Então, costumavam sair juntos porque eram entusiastas de artes marciais e boxes".

Fontes que pediram anonimato disseram que Todashev tentou atacar o policial que reagiu em legítima defesa e que o incidente ocorreu na terça-feira à noite. No entanto, Couvertier acrescentou que "o suspeito está morto. Atualmente não temos mais detalhes".

 Depois de ser preso, Dzhokhar Tsarnaev, disse às autoridades que ele era responsável pelas explosões, juntamente com seu falecido irmão, Tamerlane, e que o motivo do ataque foi o repúdio de guerras lançadas por os EUA Iraque e Afeganistão.

Dzhokhar Tsarnaev, 19, está se recuperando em um hospital da prisão após ser baleado na garganta. Dzhokhar enfrenta a possibilidade de ser condenado a pena de morte.
Postar um comentário