19º GRITO DA TERRA BRASIL LUTA PELO DESENVOLVIMENTO DA AGRICULTURA FAMILIAR, REFORMA AGRÁRIA, SUSTENTABILIDADE, TRABALHO E DIGNIDADE NO CAMPO


CONTAG e Dilma Rousseff negociam pauta do 19º Grito da Terra Brasil 
A diretoria da CONTAG reuniu-se com a presidenta Dilma Rousseff na tarde desta terça-feira (21), no Palácio do Planalto, para negociar as principais reivindicações da pauta do 19º Grito da Terra Brasil. Esta negociação direta com a Presidência da República é algo inédito na trajetória de 50 anos da CONTAG.
Normalmente, os presidentes apenas recebiam a pauta e apresentavam as respostas no dia da mobilização. Mas, neste ano, a diretoria da Confederação sentiu a necessidade de provocar esse espaço de diálogo mais aprofundado sobre alguns temas do desenvolvimento rural brasileiro, especialmente para tratar da importância da agricultura familiar, da necessidade de avançar na política de Reforma Agrária, das demandas de licenciamento ambiental, dentre outros. Também foram debatidas a necessidade de o governo intervir na mudança da legislação sobre a representatividade sindical e de avançar no Plano Safra da Agricultura Familiar 2013/2014.

“Portanto, esses temas que nós tivemos a oportunidade de dialogar diretamente com a presidenta Dilma criou, acima de tudo, um ótimo diálogo, onde pudemos expressar o nosso sentimento, que é o mesmo de milhares de homens e de mulheres que vivem no campo, bem como o das lideranças e dos dirigentes sindicais”, avaliou Alberto Broch, presidente da CONTAG.

Para Broch, esse diálogo certamente influenciará a decisão do Governo Dilma quanto às reivindicações apresentadas pela categoria trabalhadora rural. A audiência final do 19º GTB, onde será anunciada a resposta do governo, acontecerá nesta quarta-feira, 22 de maio, às 14 horas, e será comandada pelos ministros Gilberto Carvalho (Secretaria-Geral da Presidência da República) e Pepe Vargas (Desenvolvimento Agrário).

MOBILIZAÇÃO – A 19º edição do Grito da Terra Brasil é uma ação da CONTAG, FETAGs e STTRs e reunirá cerca de 5 mil trabalhadores e trabalhadoras rurais de todo o país. O lema deste ano é “50 anos de luta da CONTAG por Reforma Agrária, Sustentabilidade, Trabalho e Dignidade no Campo”. A mobilização está prevista em frente à Catedral de Brasília, na Esplanada dos Ministérios.
Postar um comentário