ATAQUE IMPERIALISTA ENCONTRA RESISTENCIA RUSSA

Rússia pronta para destruir
Segundo o tablóide  alemão Bild, a Rússia instalou uma dezena de baterias de misseis de tipo Inskander-M no enclave russo de Kaliningrado, situado dentro da União Europeia.
Esses misseis de grande precisão, com um alcance de cerca de 500 quilómetros, não se instalam em silos, antes são operados a partir de unidades móveis –de 6 camiões cada uma– e são capazes de destruir parte das instalações do «escudo anti-misil» instalado pela OTAN em pleno coração da Europa.
Segundo a Bild, também poderiam ser utilizados num golpe contra Berlim, a 527 quilómetros do enclave russo.

TAXA DE DESEMPREGO DO BRASIL (MENOR DA HISTÓRIA) DERRUBA TESE DE NEOLIBERAIS



Em 10 anos de governo (2003-2012), os presidentes Lula e Dilma aplicaram políticas econômicas e sociais que reduziram drasticamente a taxa de desemprego. Em 2003, a taxa média de desemprego era de 12,3%; em 2012, caiu para 5,5%.

GOVERNO DA INGLATERRA CONDENADO POR TORTURA E ASSASSINATOS NA AFRICA

Londres destruiu documentos

As autoridades britânicas ordenaram a destruição de milhares de documentos relativos às colónias, nos anos 50 e 60.
Segundo o jornal The Times, que investigou arquivos entretanto desclassificados, as instruções oficiais, no âmbito da chamada «Operação Legado», antes da independência do Quénia em 1962, determinavam a eliminação de documentos «susceptíveis de comprometer o governo de sua Majestade e outros governos» e «membros da polícia, das forças armadas, funcionários e outras pessoas, entre as quais informadores».
Em causa estava a eliminação de provas sobre a repressão sangrenta do movimento Mau Mau, de que resultaram milhares de mortos entre 1952 e 1960.
Apesar dos esforços oficiais, alguns arquivos sobreviveram, o que obrigou o governo britânico a reconhecer atos de «assassinatos, tortura e outros maus-tratos, bem como a indenizar vários milhares de quenianos. 

HOLANDA, MAIS UMA PEDRA QUE CAI NA EUROPA NO GRANDE FIASCO ECONOMINCO DO DOMINO NEOLIBERAL

Holanda perde nota máxima

A agência Standard & Poor's (S&P) retirou a nota máxima de «AAA» à Holanda, devido a uma previsão de um crescimento económico de apenas 0,5 por cento em 2014.
A Alemanha, o Luxemburgo e a Finlândia são agora os três únicos países da zona euro que possuem a notação máxima das agências que analisam a qualidade creditícia.
Segundo a agência norte-americana, a atividade económica na Holanda não recuperará os níveis anteriores à crise antes de 2017, assinalando que o aumento das exportações não é suficiente para compensar a queda da procura interna.

BERLUSCONI CONDENADO A CUMPRIR 4 ANOS DE CADEIA

Berlusconi expulso do Senado

O Senado italiano decidiu, dia 27, retirar o mandato de senador ao ex-primeiro-ministro Silvio Berlusconi, na sequência da sua condenação a quatro anos de prisão por fraude fiscal.
A medida contou com o apoio, entre outros, do Partido Democrata, do atual primeiro-ministro, Enrico Letta, do Movimento 5 Estrelas, do comediante Beppe Grillo, e do grupo Eleição Cívica, liderado pelo ex-primeiro-ministro Mario Monti.
Votaram contra, entre outros, o Forza Italia, partido do antigo governante, a Liga Norte e os antigos parceiros políticos de Berlusconi, bem como o grupo Novo Centro-Direita, liderado pelo vice-primeiro-ministro italiano, Angelino Alfano.
Berlusconi, de 77 anos, não se dá por vencido e já anunciou que vai pedir a revisão do processo.

SABOTAGENS ANTI-CHAVISTAS NA VENEZUELA

Ações de sabotagem na Venezuela

Segurança reforçada

O governo bolivariano reforçou a segurança após a falha de electricidade que afetou parte do território da Venezuela na noite do dia 2, atribuída a um ato de sabotagem.
Segundo o presidente Nicolás Maduro, citado pela Prensa Latina, não há razões técnicas nem excesso de procura que justifiquem a falta de energia eléctrica ocorrida no Centro e no Ocidente do país. O que há, segundo as autoridades, é razões para suspeitar que, numa tentativa desesperada de desestabilizar as eleições municipais do dia 8, a oposição antibolivariana tente levar a cabo novos atos de sabotagem, pelo que os órgãos de segurança, as forças armadas e a empresa estatal Petróleos de Venezuela (Pdvsa) foram postos em alerta máximo.
De acordo com os responsáveis do Ministério de Energía Eléctrica, as primeiras inspecções feitas para apurar as causas da falta de energia detectaram um condutor solto entre duas torres, o que terá dado origem ao «apagão». O fato é particularmente estranho por ter ocorrido num setor que regista uma substancial recuperação da capacidade geradora de energia.
Enquanto prosseguem as investigações, o ministro do Interior, Justiça e Paz Miguel Rodríguez ordenou o reforço da vigilância por parte dos funcionários das diversas instituições para evitar que se repitam casos semelhantes.
O «apagão» da segunda-feira não pode deixar de ser relacionado com a guerra económica lançada pelas forças anti-revolucionárias e que obrigou o governo a adoptar medidas excepcionais para defender o poder de compra dos venezuelanos e garantir o abastecimento dos produtos de primeira necessidade.


Plano Patriótico 


Entretanto, a Assembleia Nacional da Venezuela começou a debater anteontem o Plano Patriótico, segundo Plano Socialista de Desenvolvimento Económico e Social da Nação 2013-2019, que de acordo com a Constituição venezuelana tem de ser apreciado pelo Parlamento no primeiro ano de exercício da Presidência da República para se converter em lei.
O Plano contém cinco objetivos estratégicos: preservar a independência nacional; prosseguir a construção do modelo socialista do século XXI; transformar a Venezuela numa potência; contribuir para a construção de um mundo multipolar; e contribuir para a preservação do planeta e da sobrevivência da humanidade.
Em apreciação estava ainda, entre outras matérias, o relatório da Comissão Permanente de Finanças e Desenvolvimento Económico sobre o crédito adicional de 28 milhões de bolívares (cerca de 4,5 milhões de dólares) para o Ministério do Poder Popular.

ABSOLUTAMENTE BRANCO! DIREITA AMERICANA DESCOBRE FINALMENTE A COR DE PAPAI NOEL

Fox News apoia Kelly a  acerca da necessidade de ensinar para
 as crianças a verdadeira cor de Papai Noel

Na quarta-feira à noite, Kelly estava respondendo a um artigo da escritora Aisha Harris , que escreveu um artigo intitulado " Papai Noel não deve ser mais um homem branco."
A popular apresentadora de notícias da FOXNEWS disse aos telespectadores de "The Kelly File (O Arquivo Kelly) ", seu famoso programa na FOXNEWS , "Quando eu vi este título , eu ri e eu disse , 'Oh, isso é muito ridículo'. No entanto, algumas pessoas alegam que é racista ter um Papai Noel branco. E, a propósito , para todos vocês, crianças, que me assistem em casa , Santa só pode ser branco. Mas essa pessoa ignorantes talvez apenas argumentam que deveriamos também ter um Papai preto."
É claro que uma série de críticos foram rápidos em apontar que o Papai Noel é um personagem fictício . E enquanto ele se baseou em São Nicolau, um homem branco , a sua descrição exata é em grande parte deixada para interpretação individual.
No entanto, depois de um convidado no show de Kelly defendeu o artigo, Kelly estendeu seu argumento para reivindicar , ainda, que a figura histórica de Jesus Cristo foi de fato branca :
"Só porque isso faz você se sentir desconfortável, isso não significa que você tem que mudar a cor dele. Você sabe, eu quero dizer, Jesus também era um homem branco.", disse Kelly. "Ele foi uma figura histórica, e ele ser branco é um fato verificável - como é fato de Papai Noel ser branco, e eu quero que as crianças assistindo sabiam disso. Mas o meu ponto é: Como você faz a revisão, no meio do legado da história, e muda Papai Noel de branco para negro? "
Ao contrário de Papai Noel, a herança racial ou mesmo a existência de Jesus Cristo tem sido debatida há anos. Tecnicamente, o Novo Testamento não contém uma descrição do seu pigmento de pele, embora a maioria das representações ocidentais modernas que retratá-lo como um homem branco. Embora haja pouco ou nenhum trabalho factual ou acadêmico sobre herança racial da figura bíblica , um documentário de 2011 da BBC "Son of God (Filho de Deus)" tentou criar uma composição moderna do que Jesus pode ter parecido . A análise concluiu que uma figura, se histórica, teria provavelmente que ter a pele escura , com base no clima do deserto do Oriente Médio onde as histórias do Novo Testamento ocorreram. "Os especialistas decidiram que Jesus poderia ter muitas cores, mas nunca branco perolado ", a BBC declarou .
Curiosamente , a opinião ofertada da Kelly vem apenas dias depois que ela disse a Jay Leno, "Eu sou um âncora de notícias sérias. Eu não sou mais uma das apresentadoras de rosto bonito da Fox ".Harris respondeu a transmissão de Kelly, observando que de sua parte se destinava a ser um pouco "brincadeira", mas mesmo assim declarou:
"Agora, se você está seriamente e de forma enfática falando que ele [Papai Noel] é branco e que devemos nunca esquecer que ele é branco, há uma boa chance de que seu ponto de vista do resto da realidade do mundo é tão limitado e sem imaginação. Por favor entenda: estamos a falar de um homem mágico que desliza na sua chaminé cada véspera de Natal. Digo isso apenas para que fique claro de quem  Kelly debate a cor."
 

ANGELA MERKEL ACEITA AS PROPOSTAS SOCIALISTAS

Merkel fecha acordo com SPD

Os democratas-cristãos de Angela Merkel e os sociais-democratas (SPD) liderados por Sigmar Gabriel chegaram a acordo para a formação de um governo de coligação.
Dois meses depois da vitória dos conservadores nas legislativas e após mais de um mês de negociações, os dois partidos selaram a coligação que deverá, no entanto, ainda ser submetida à aprovação dos militantes do SPD.
A votação está marcada para o próximo dia 10 e caso seja favorável permitirá à atual chanceler alemã voltar a ser investida no Bundestag sete dias depois, podendo contar com o apoio de 504 dos 601 deputados que formam a câmara dos deputados federais.
O acordo de governo consta de 170 páginas e contempla as medidas emblemáticas exigidas pelo SPD, como a instauração do salário mínimo interprofissional no valor de 8,5 euros à hora a partir de 2015, melhorias no sistema de segurança social e a admissão da dupla nacionalidade.

KOSTAS VAXEVANIS DECLARADO INOCENTE

Vaxevanis absolvido
em segunda instância
Corrupção exposta
Após mais de um ano de batalhas judiciais, o jornalista Kostas Vaxevanis foi declarado inocente do crime de violação da privacidade por ter publicado uma lista de contas ilegais.

Diretor da revista bimestral Hot Doc, Vaxevanis já tinha sido absolvido num processo movido pela procuradoria-geral da Grécia, após ter publicado a célebre «lista Lagarde», revelando a identidade de dois mil contribuintes gregos que eram titulares de contas na Suíça, num montante superior a 1900 milhões de euros.
O escândalo fez furor na Grécia, tanto mais que implicou conhecidas figuras dos meios políticos e empresariais. Era assim de esperar que a procuradoria procurasse a todo o custo abafar o caso e obter a condenação do jornalista.
Por isso, o acusador público recusou o primeiro veredicto e exigiu novo julgamento.
Vaxevanis voltou a sentar-se, dia 27, no banco dos réus para ao fim de mais de cinco horas de alegações, os três magistrados concluírem por unanimidade que o material publicado não infringiu as leis da privacidade.
O jornalista, de 47 anos, congratulou-se com o desfecho: «Com esta decisão unânime, saímos daqui com uma vitória total». E sublinhou que ao publicar a lista pretendeu denunciar o sistema de corrupção que oprime o seu país, considerando que a sua prisão se deveu ao fato de ter exposto figuras destacadas da política e das finanças. «Os nossos oponentes são aqueles que querem dissimular o sistema de corrupção e de interesses ocultos que governam este país».
Na semana anterior, um juiz do Tribunal Supremo da Grécia levantou um processo contra o antigo ministro das Finanças, Guiórgos Papaconstantinou, por uso negligente da chamada «lista Lagarde».
Papaconstantinou, entretanto já expulso do seu partido (PASOK), foi várias vezes acusado de ter ocultado a existência da lista, que a antiga ministra francesa das Finanças lhe havia cedido, para tentar eliminar nomes de familiares que nela constavam.
Em Maio desse ano, Vaxevanis foi premiado pelo Sindicato de Jornalistas da Andaluzia pela defesa da liberdade de expressão.
Na ocasião, salientou que «o Sul da Europa vive hoje uma guerra particular, sem mísseis nem kalachnikovs, mas onde podemos morrer».  Enquanto uma parte do continente se afunda, referiu ainda, «a Alemanha enriquece. Não se pode salvar os números e deixar morrer as pessoas».

SÃO JOSÉ DOS CAMPOS - A CIDADE DO AVIÃO RESPEITA A DECLARAÇÃO UNIVERSAL DOS DIREITOS HUMANOS!

Graças a gestão atual, humana e solidária, focada no atendimento ao povo de São José dos Campos,  divulgamos o  inicio de  entrega das escrituras de bairros legalizados pela Secretaria de Regularização Fundiária. Salientamos que a lei municipal da Secretaria de Regularização Fundiária foi datada em 21/02/2013, na atual gestão pública de Carlinhos de Almeida.

IMPERIALISTAS INSISTEM EM COLONIALISMO EM GENEBRA II

Governo de Damasco participa em Genebra II

O governo de Bashar al-Assad estará representado na conferência Genebra II, prevista para 22 de Janeiro próximo, para defender os interesses do seu povo, refere um comunicado do Ministério dos Negócios Estrangeiros e Expatriados divulgado há uma semana.
Segundo o documento, citado pela agência Prensa Latina, a presença de Damasco na conferência não se destina a entregar a autoridade a ninguém, mas sim a participar nas decisões sobre o futuro da Síria juntamente com os que estão interessados no bem estar do povo e na procura de uma solução política para o país.

A posição dos delegados de Damasco em Genebra II, acrescenta o documento, reflectirá as exigências do povo sírio, desde logo a eliminação do terrorismo, de acordo com as instruções do presidente Bashar al-Assad.
Repudiando as exigências da França e da Grã-Bretanha no sentido de o presidente sírio não ter qualquer papel na etapa de transição, o Ministério dos Negócios Estrangeiros fez questão de lembrar que «a era do colonialismo desapareceu para sempre», sublinhando que se aqueles dois países persistirem na sua posição não têm nada a fazer na conferência. «O nosso povo não permitirá que ninguém, seja quem for, roube o seu direito inalienável de determinar o seu futuro e a sua liderança», refere o comunicado.
Quanto às exigência dos que designa por «assalariados do Ocidente colonialista», bem com as dos mercenários e grupos de extremistas islâmicos que operam na Síria, Damasco considera que não merecem qualquer comentário.

A JUVENTUDE BRASILEIRA REPRESENTADA NO FMJE

18.º Festival Mundial da Juventude 
e dos Estudantes - Derrotar o imperialismo
De 7 a 13 de Dezembro tem lugar, no Equador, o 18.º Festival Mundial da Juventude e dos Estudantes (FMJE), o maior acontecimento mundial, desde 1947, de encontro da juventude na sua luta contra o imperialismo
Ao longo das suas edições, foram dezenas de milhares os jovens que, oriundos de mais de cem países de todos os continentes, demonstraram que a juventude não aceita o ataque à soberania dos países, os ataques aos direitos dos trabalhadores, o desemprego, a precariedade e a exploração, a elitização da educação e a sua privatização, as barreiras de acesso à cultura, ao desporto, à habitação, a falta de condições de vida dignas para a juventude e para os povos.
De Portugal saiu, uma delegação com 17 jovens que integram o Comité Nacional Preparatório do FMJE, composto pelas mais variadas expressões do movimento juvenil português – desde associações de estudantes, associações recreativas, culturais, juvenis, grupos informais de jovens, estruturas sindicais juvenis, grupos desportivos, etc.
«A preparação do Festival, a nível internacional e em cada país, tem uma grande importância porque é uma oportunidade única para levar os valores da paz, da solidariedade, da luta anti-imperialista, a amplas massas juvenis», Duarte Alves, um dos 17 jovens que integram a delegação, valorizando os debates e as iniciativas de divulgação do FMJE, com destaque para o «Acampamento Pela Paz», que aconteceu em Julho, em Avis, e que juntou cerca de 200 jovens.
Neste Festival «foram ainda jovens do Equador, de Cuba, do Brasil, da Venezuela, que relatam experiências diferentes das nossa», uma vez que nos seus países se estão «a realizar políticas progressistas e de carácter anti-imperialista», o que, disse Silvia do PC do B,  «Dilma nos dá ainda mais força para continuar a lutar». «O imperialismo é um inimigo muito poderoso, mas a resistência dos povos e a organização da luta traz os seus frutos».

RELEMBRAMOS O MASSACRE PINHEIRINHO - UMA DAS MAIORES ABERRAÇÕES HUMANITÁRIAS DO NOSSO PAÍS!

A desocupação do Pinheirinho provocou uma avalanche de ações judiciais contra o Estado de São Paulo. A Defensoria divulgou relatório consolidado sobre as ações movidas pelos desalojados. Entre as reclamações, 570 famílias afirmaram que a Polícia Militar atiraram bombas em suas casas, usando até mesmo helicópteros na ação.

CINCO DIRIGENTES SINDICAIS EM ANDALUCIA FORAM PRESOS

Ocupantes das Turquillas condenados
A luta pela terra continua 

O tribunal Superior de Justiça da Andaluzia condenou a sete meses de prisão os dirigentes sindicais Sánchez Gordillo e Diego Cañamero pela ocupação de uma herdade abandonada.

Para além de Sánchez Gordillo, deputado e alcaide de Marinaleda, e Diego Cañamero, secretário-geral do Sindicato Andaluz dos Trabalhadores, a sentença proferida no dia 21 atinge ainda dois outros arguidos que participaram na ocupação da herdade das Turquillas no Verão de 2012.
Juntamente com a pena de prisão por desobediência grave à autoridade, o tribunal impôs-lhes uma multa de 1200 euros, a qual recai ainda sobre um quinto arguido pelo delito de usurpação.
Além disso, os cinco condenados deverão pagar uma indemnização ao Ministério da Defesa no valor de 486,84 euros por danos e prejuízos e outra no montante de 274,76 euros por despesas de limpeza da zona do acampamento.
Os restantes 49 réus, militantes e simpatizantes do SAT, foram absolvidos por não terem sido devidamente identificados como participantes na ação.
Diego Cañamero, secretário-geral do SAT, anunciou que o Sindicato vai recorrer da sentença para o Supremo Tribunal, esperando que «em outras instâncias alguns juízes independentes não atuem sob a consigna do PP».
Apesar da condenação, Cañamero assegurou que o SAT prosseguirá a sua atividade sindical com «normalidade».
«A sentença exige que paguemos danos e prejuízos por termos trabalhado a terra, semeado e regado, e isso é considerado um dano», lamenta o líder sindical que qualifica a decisão judicial como «uma condenação política», que reflete «não critérios judiciais, mas pressões políticas».
«Com a ocupação das Turquillas quisemos reivindicar aquelas terras, como o fizeram os senadores do PP [durante o governo socialista de Zapatero] e as diversas administrações. Quisemos que com a nossa ação as petições de municípios e instituições se tornassem realidade», salientou Cañamero.
A propriedade das Turquillas tem cerca de 1200 hectares, dos quais apenas uma terça parte está ocupada por uma manada de cavalos pertencente ao Ministério da Defesa.