GOVERNO DA GUATEMALA PROIBE DIREITOS HUMANOS AO POVO XINCA


Desde 1 de maio que o povo Xinca suporta a militarização do seu território por parte do Governo da Guatemala.
Os indígenas centro-americanos opõem-se ao projeto mineiro de uma multinacional canadiana. As organizações de solidariedade internacional realizaram uma vigília para denunciar a atual repressão que sofrem os Xincas na Guatemala. Este povo indígena opõe-se ao projeto mineiro Escobal da empresa canadiana Tahoe Resources.

O povo Xinca sofreu um estado de sítio que depois se converteu num estado prevenção. Estas medidas decretadas pelo Governo da Guatemala não garantiram o respeito dos direitos humanos da população indígena. Os grupos de defesa dos direitos humanos exigem que o Governo da Guatemala detenha a repressão ao povo Xinca, a militarização das suas comunidades e a criminalização das suas lutas sociais. Jorge Zegarra, Montreal.


Postar um comentário