POR UMA GESTÃO PETISTA NO CEU. NOTA DO SETORIAL DA EDUCAÇÃO DEFENDE UMA GESTÃO POPULAR E COMPROMETIDA COM O PROJETO DO PARTIDO NESSA INSTITUIÇÃO


NOTA DO SETORIAL DA EDUCAÇÃO
DO PARTIDO DOS TRABALHADORES/CAPITAL
Tendo em vista que o processo de escolha e nomeação dos 45 (quarenta e cinco) gestores dos CEUs criados e implementados na gestão petista da companheira Marta Suplicy, deverá se encerrar nos próximos dias, o Setorial da Educação informa que é contra a recondução ou permanência de gestores do CEU indicados pela administração Serra/Kassab, pelos seguintes motivos:

1º - Concepção de CEU. Tentaram acabar com o Projeto CEU, descaracterizando suas atividades, dificultando a participação popular na sua gestão e no próprio CEU, criticando a política do PT para os CEUs, etc. Tentaram transformar o CEU em um “escolão”, só não o conseguindo graças a justeza da proposta e a resistência do povo e companheiros nossos;
2º - Na sua maioria, esses gestores se envolveram descaradamente na campanha do candidato derrotado José Serra, inclusive, obrigando, muitas vezes, funcionários ou trabalhadores terceirizados que ali trabalham ou prestam serviços a pedirem votos para o Serra;
3º - Perseguição aos gestores dos CEUs nomeados pela companheira Marta Suplicy com processos administrativos, suspensões e ameaças de exoneração dos seus cargos básicos pela administração Serra/Kassab.Dezenove gestores de CEUs sofreram processos administrativos pela gestão Serra/Kassab. 
Por tudo isso, o Setorial da Educação entende que os novos gestores a serem escolhidos da lista tríplice encaminhadas pelas DREs não podem ser gestores ligados á administração Serra/Kassab.
Fraternalmente,
Setorial da Educação 

Em tempo:
O Setorial está encaminhando pedido para que sejam revistos todos os processos administrativos relativos aos gestores dos CEUs no período de 2003 a 2004.
Postar um comentário