JORNADA MUNDIAL DA JUVENTUDE.: UMA COMITIVA DE PESO PARA UM EVENTO MONUMENTAL

A OPOSIÇÃO AINDA PENSA NO BRASIL PEQUENO

O BRASIL SEDIARA UM EVENTO DE EXPRESSÃO MUNDIAL QUE MOVIMENTARA DOIS MILHÕES DE PESSOAS NO RIO DE JANEIRO 
O estado do Rio de Janeiro é signatário do Pacto pelo Desenvolvimento do Turismo. A Jornada Mundial da Juventude, que será realizada em julho de 2013 no Rio de Janeiro, deverá trazer ao Brasil cerca de 700 mil turistas estrangeiros! Dilma solicitou pessoalmente a vinda do PAPA para este evento!

De acordo com o Itamaraty, a comitiva oficial de 52 pessoas foi formada pelos ministros Antonio Patriota (das Relações Exteriores), Aloizio Mercadante (Educação), Gilberto Carvalho (Secretaria-Geral da Presidência da República), Helena Chagas (Comunicação Social), e o embaixador do Brasil no Vaticano, Almir Franco de Sá Barbuda, que se incorporou ao grupo em Roma.As equipes técnica são formadas por profissionais de segurança, cerimonial, saúde, tradução, comunicação, diplomatas, entre outros. A comitiva e a equipe técnica foram hospedadas no hotel Westin Excelsior e a equipe de apoio hospedou-se no hotel Parco dei Principi". A presidente ficou hospedada em um hotel na capital italiana porque a residência do embaixador do Brasil em Roma necessitou ser desocupada por decreto de remoção da instalação dele em Roma pela União Europeia.


Vaticano – O tema central da conversa da presidenta Dilma Rousseff com o papa Francisco, foi a Jornada Mundial da Juventude, no Rio de Janeiro, que ocorrerá de 23 a 28 de julho. Dilma lembrou que a jornada atrairá católicos de vários países que serão “muito bem recebidos” pelos brasileiros.
Segundo ela, a decisão do papa em apoiar os pobres e mais frágeis é motivo de orgulho para o mundo, sobretudo para os latino-americanos.

Acredito que nós vamos ter a Jornada [Mundial] da Juventude e, eu tenho a ligeira impressão, que é o maior evento que o papa vai participar. Isso vai atrair para o Brasil uma multidão de católicos, que serão muito bem recebidos, como a gente sempre faz. É o tema central do meu encontro [com o papa Francisco]”, disse a presidenta.
Dilma participou hoje da missa, que inaugurou o pontificado de Francisco, na Praça São Pedro. A presidenta reiterou sua confiança na determinação do papa em ajudar no combate à pobreza e dar assistência às crianças, aos idosos e à população vulnerável.
Postar um comentário