O DITO CAPITALISTA SE MANTEM NA GRECIA: MILIONARIO NUNCA VAI PARA CADEIA

Ex-ministro grego condenado
In Greece Governments Change, But Impunity Remains

O antigo ministro das Finanças grego, Yorgos Papakonstantinu (PASOK), foi condenado, dia 24, a um ano de prisão, MAS com pena suspensa, por falsificação de documentos no âmbito da denominada «lista Lagarde».
Ficou assim claramente provado que Papakonstantinu retirou nomes de familiares da referida lista, que continha cerca de dois mil nomes de cidadãos gregos com depósitos no estrangeiro não declarados.
A acusação pretendia uma condenação também por prejuízos ao Estado sem atenuantes, o que poderia resultar numa pena de prisão efetiva até dez anos.
No entanto, os juízes consideraram que não havia provas suficientes de que as ações do réu tenham provocado prejuízos ao Estado.
Postar um comentário