JORNADA PELA DEMOCRACIA - CONTRAPONTO AO VIÉS ANTIDEMOCRÁTICO





Dia 12/04 foi dia de diálogo. Essa foi a ideia de movimentos sociais, intelectuais, juventude organizada, políticos e artistas para fazer um contraponto ao viés antidemocrático de parte das manifestações que pedem o impeachment da presidenta Dilma Rousseff.

Ao longo de doze horas ininterruptas, conjuntura política, economia e comunicação foram discutidos no Jornada pela Democracia, com atividade que foi aberta ao público e transmitida ao vivo.


O debate iniciou às 9h da manhã e seguiu até às 21h, sem intervalos, em uma discussão para entender o presente e pensar no futuro. Dezenas de nomes conhecidos do meio acadêmico, políticos e intelectuais participaram do evento, como Raquel Rolnik, Nabil Bonduki, Nádia Campeão, Maria Rita Kehl, Sérgio Amadeu, Tarso Genro, Laerte Coutinho, representantes de veículos de mídia independente como Revista Fórum, Caros Amigos, Brasil 247 e Fluxo, entre outros. “Dia 12 foi dia de diálogo. Foi o dia de fazer o contraponto e reafirmar nossa opção pela democracia.

CHAMADA DO EVENTO: "Não fique sozinho no domingo. Venha conversar e trocar ideias. A Jornada pela Democracia vai ser uma maratona de debates para quem prefere conversar a bater panela, para quem defende mais amor e menos ódio”, convocam os organizadores do evento.
Postar um comentário