SUBPREFEITO CANDELLA ESTA ENTUSIASMADO COM A AMPLIAÇÃO DOS SERVIÇOS DE COLETA SELETIVA EM SANTANA/TUCURUVI


Imagem do post
Nesta terça-feira (14/10), o secretário de Serviços, Simão Pedro, e o presidente da Amlurb (Autoridade Municipal de Limpeza Urbana), Silvano Silvério, compareceram a evento promovido na praça da Subprefeitura Santana/Tucuruvi.
O subprefeito Carlos Roberto Candella se mostrou bastante entusiasmado com a  ampliação dos serviços de coleta seletiva e agradeceu ao Secretário pela oportunidade do evento em sua região.

O secretário Simão Pedro lembrou que, nesta nova etapa da coleta seletiva, a inclusão e valorização dos catadores de materiais recicláveis continuarão sendo premissas básicas da atual gestão. “Antes, as cooperativas tinham somente convênios com a Prefeitura e precisavam se virar para coletar e vender os materiais. Vamos fazer justiça, contratando e pagando as cooperativas de catadores pelo serviço ambiental que sempre prestaram e a cidade não reconhecia”, afirmou o secretário (mais informações sobre o novo modelo em http://www.capital.sp.gov.br/portal/noticia/3442).
Contexto
A ampliação da coleta seletiva é um dos desdobramentos das políticas públicas adotadas na atual gestão, que tem entre os principais objetivos fazer com que São Paulo, que registrava apenas 1,8% de coleta seletiva no primeiro semestre deste ano, atinja 10% até 2016. “A ampliação da coleta está ligada a outras ações realizadas pelo prefeito Fernando Haddad, como o lançamento do Plano de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos de São Paulo (PGIRS) e a inauguração das duas centrais mecanizadas de triagem, na Ponte Pequena e em Santo Amaro.”
Cada uma tem capacidade para processar 250 toneladas de resíduos por dia.

Para saber se sua residência conta com coleta seletiva, é possível consultar as empresas responsáveis pela coleta de lixo na capital, pela internet ou por telefone. A empresa Loga disponibiliza uma busca pelo site da empresa e atendimento pelo telefone 0800-770 1111. Ela atende às subprefeituras Butantã, Casa Verde, Freguesia do Ó, Jaçanâ/Tremembé, Lapa, Mooca, Penha, Perus, Pinheiros, Pirituba/Jaraguá, Santana/Tucuruvi, Vila Maria/Vila Guilherme e Sé.
A empresa Ecourbis também oferece busca online na internet e pelo telefone 0800-772 7979. A concessionária é responsável pelas subprefeituras de Aricanduva / Formosa, Campo Limpo, Capela do Socoro, Cidade Ademar, Cidade Tiradentes, Ermelino Matarazzo, Guaianases, Ipiranga, Itaim Paulista, Itaquera, Jabaquara, M’Boi Mirim, Parelheiros, Santo Amaro, São Mateus, São Miguel, Vila Mariana e Vila Prudente.
Para contribuir com a reciclagem, são importantes alguns cuidados no descarte do lixo, principalmente a separação dos resíduos recicláveis, como latas e garrafas, dos resíduos orgânicos, como restos de comida e cascas de frutas. Recicláveis com restos de alimentos devem ser enxaguados para não contaminarem outros materiais.
Veja abaixo mais informações sobre os materiais que podem ser encaminhados para reciclagem:
Papel – jornais, revistas, cadernos, livros, papel de seda, caixas de papelão, cartolinas, papel kraft, papel de desenho, caixas tipo longa vida
Não são recicláveis: carbono, celofane, papel vegetal, papel fotográfico, fitas e etiquetas adesivas, papéis metalizados, parafinados ou plastificados

Plástico - sacos e sacolas, potes, tampas, garrafas PET, embalagens de produto de limpeza, canetas sem carga, escovas de dente, isopor, baldes e utensílios de cozinha
Não são recicláveis: acrílicos em geral, adesivos, tomadas, embalagens com material corrosivo e tóxico, espumas, plásticos “termofixos” (utilizados em telefone, computadores, teclados)

Metal - latas e objetos de alumínio, cobre, chumbo e bronze, fios, tampinhas, embalagens de marmitex, arames, chapas, canos, grampos e clips
Não são recicláveis: esponjas de aço e latas de aerossol, tinta ou pesticidas
Vidro - garrafas, frascos de condimentos, copos, pratos e outros objetos
Não são recicláveis: espelhos, lâmpadas, cristal, vidro plano, cerâmica e porcelana.
Postar um comentário