EX-MINISTRO PORTUGUES, JOSÉ SOCRATES, PRESO POR LAVAGEM DE DINHEIRO


Foi preso na sexta à noite no aeroporto de Lisboa, ao chegar em um vôo de Paris, o ex-primeiro ministro Sócrates, de 57 anos, que passou três noites em unidades da Polícia de Segurança Pública (PSP) na capital Português como suspeito fraude fiscal, lavagem de dinheiro e corrupção.

Ante o silêncio oficial, só se sabe, por intermédio do Procurador-Geral da República Português, o motivo pelo qual o politico foi preso: O indiciamento pela detecção de "operações bancárias, movimentos e transferências de dinheiro sem justificação".

Os portugueses têm especulado sobre a fortuna do ex-chefe do governo, cujo cálculo monta a cerca de 20 milhões de euros, no qual já acrescentou mais três milhões de euros e um apartamento de luxo comprado recentemente em Paris.

O papel desempenhado pelo motorista de Sócrates é uma das peças chaves para a investigação contra o ex-líder Português e chefe de governo entre 2005 e 2011.
Postar um comentário