Justiça da Itália julga hoje extradição de Pizzolato

Henrique Pizzolato merece ter sua defesa
contra os ERROS do STF!

A Justiça da Itália deve julgar hoje (28) o pedido feito pelo governo brasileiro para extraditar o ex-diretor de Marketing do Banco do Brasil Henrique Pizzolato, condenado a 12 anos e sete meses de prisão por lavagem de dinheiro e peculato na Ação Penal 470, o processo do mensalão. 

O julgamento na Corte de Apelação de Bolonha está previsto para as 10h, horário local, três horas a menos em relação ao horário oficial de Brasília.


Os destinos de todos os réus estão atrelados uns aos outros, visto que se trata de uma ação penal centrada num crime só: a suposta compra de votos com dinheiro da Visanet. Se este crime for novamente investigado, com isenção, sem as pressões espúrias de mídia aliadas à conivência de alguns ministros do STF, ficará patente as incoerências do processo, e a AP 470 desmoronará, a partir da derrubada de seu pilar central.
Postar um comentário