BRASIL NÃO SUPORTA MAIS ESTA MANIPULAÇÃO MIDIÁTICA - MARCO REGULATÓRIO JÁ!




A revista Veja deixou companheiros da presidente reeleita Dilma Rousseff estimulados a debater o marco regulatório para a mídia no país. 

Um dos coordenadores de campanha da presidente, o ex-ministro do Desenvolvimento Agrário Miguel Rossetto, disse a jornalistas que essa é uma agenda clara que emergiu do processo eleitoral. 

"Na minha opinião, há uma agenda que sai do processo eleitoral clara, que é um amplo debate sobre o papel dos meios de comunicação", disse Rossetto.

"A conduta da revista Veja exige uma avaliação, a Justiça Eleitoral condenou essa conduta por mais uma vez. E as experiências democráticas exigem avaliações permanentes de todas as instituições e de todos que participam desse processo", acrescentou o coordenador de Dilma.

A reportagem irritou os petistas e a presidenta, que prometeu processar a revista. 

O TSE concedeu direito de resposta à presidente no sábado. E na sexta-feira o TSE também tinha impedido a revista de divulgar a reportagem na sua conta no Facebook.

Um outro importante assessor da presidente afirmou que o debate sobre um novo marco regulatório da mídia, que inicialmente envolveria apenas a questão societária dos meios de comunicação, ganhou força no governo e no círculo próximo à presidente após o episódio recente envolvendo a Veja. 


Postar um comentário