EUA DESENVOLVE PRÁTICAS QUE ATENTAM CONTRA A SOBERANIA

Brasil: EUA  deve terminar "práticas que atentam contra a soberania"
O ministro das Relações Exteriores do Brasil Antonio Patriota, disse ao secretário de Estado dos EUA, John Kerry que  "USA deve acabar com as práticas que atentam contra a soberania", referindo-se a espionagem global dos EUA.

Em uma conferência de imprensa conjunta, o ministro Patriota deu uma visão geral do bom comércio entre os dois países, mas ressaltou que "as escutas" é um "novo desafio" para essas relações. "Nem explicações são suficientes ", salientando que é necessário" os USA acabar com estas práticas. "

Patriota comentou as denuncias de Edward Snowdenque, focando não só o mal estar que a espionagem americana causa a sociedade mas o impactante desrespeito a soberania do Brasil. Falou também que Dilma Rousseff  abriu "canais de diálogo técnico e político" com os Estados Unidos para analisar detalhadamente o mal feito americano.

Patriota confirmou que o Mercosul protestará contra a espionagem americana nas Nações Unidas, pois " reflete a preocupação legítima da região e também da comunidade internacional¨. As espionagens  "são práticas que prejudicam soberanias, são práticas contra os direitos individuais e contra também aos direitos humanos."  


Postar um comentário