DEU NA BBC - DILMA VAI CONTRATAR 10.000 MEDICOS

Brasil lança plano para contratar
10 mil médicos para áreas pobres

Brazil unveils plan to hire 10,000 doctors for poor areas

Brasil revelou planos para contratar 10 mil médicos para trabalhar em áreas mal servidas como parte de reformas mais amplas. 
A medida irá incluir empregar médicos estrangeiros pela primeira vez a partir de setembro, bem como mudanças no currículo de medicina da universidade.

Estudantes de graduação a partir de 2015 devem servir dois anos no setor público.  Essas mudanças vêm cerca de um mês depois de milhões de pessoas saíram às ruas em manifestações de massa contra os pobres serviços públicos, baixa qualidade de medicina e outras questões.
O Ministério da Saúde disse que o programa "Mais Médicos" foi modelado em serviços de saúde em países como a Grã-Bretanha e Suécia.

Transparência

Os médicos estrangeiros só serão consideradas se os cargos não são ocupados por brasileiros, segundo as autoridades.  
A vaga de emprego irá, alegadamente, ser anunciado no final do mês.
"O programa Mais Médicos não tem o objetivo principal de trazer médicos de fora, mas, principalmente, de levar mais serviços de saúde para o interior do país", disse a presidente Dilma Rousseff.
Dilma disse que os planos não foram apenas abordar um problema a longo prazo, mas o "aqui e agora" de brasileiros que não têm acesso aos médicos.
Os médicos contratados sob o novo regime será pago um "salário" de 10 mil reais (menos de US $ 4.500 por mês).
Presidente Dilma Rousseff também anunciou investimentos de mais de  3 milhões de dolares na modernização de novas cirurgias existentes e construção. Um extra de 11.500 vagas em cursos de medicina também deve ser oferecido nos próximos quatro anos, de acordo com os planos do governo.
Estudantes de medicina brasileiros atualmente precisam estudar seis anos antes de serem autorizados a praticar. De acordo com os planos anunciados , eles vão ter que trabalhar por dois anos no setor público antes de se formar, aumentando o tempo de graduação em oito anos.
Projetos anteriores para atrair médicos cubanos para o Brasil se encontraram feroz resistência das associações de médicos por medo da perda de lucro.



Postar um comentário