ATOS CRIMINAIS DE OBAMA CONDENADOS PELA ONU

Assassinatos no Iémen

Peritos das Nações Unidas condenaram os bombardeamentos com aviões não-tripulados que mataram civis no país.
O painel manifestou «a sua profunda preocupação perante os recentes ataques que terão sido realizados pelas forças norte-americanas» foi noticiado.

Em dezembro, em um dos bombardeamentos, pelo menos 17 pessoas que se encontravam num casamento morreram na sequência de um raide aéreo realizado por drones dos EUA. O relator especial da ONU sobre a tortura, Juan Mendez, qualificou-o de «ilegítimo», e o homólogo para as execuções extrajudiciais, sumárias ou arbitrárias, Christof Heyns, instou a Casa Branca a indicar a base jurídica e os critérios dessas ações à luz do Direito Internacional.
Três dias depois do bombardeamento mortal, o parlamento do Iémen aprovou a interdição das operações de aeronaves teledirigidas no território, as quais, de acordo com os cálculos das organizações humanitárias Reprive e Code Pink, já terão vitimado cerca de 700 civis desde 2011.
 
Visit NBCNews.com for breaking news.


Postar um comentário