A austeridade massacra a juventude da França

Desempregados protestam em França

Milhares de desempregados e precários manifestaram-se, no sábado, 6 de novembro, em Paris e em várias outras cidades de França.
Nas ações, promovidas por um conjunto de organizações sindicais e movimentos sociais, os participantes denunciaram os elevados níveis de desemprego e de precariedade que atingem mais de nove milhões de trabalhadores, mas também a ofensiva trabalhadora do patronato que pretende abolir o horário das 35 horas e alargar ainda mais os vínculos precários.
Em Paris, oito mil manifestantes desfilaram entre a praça de Stalingrado e a praça de Clichy. Os protestos juntaram igualmente centenas de pessoas em Marselha, Toulouse e Bordéus.
Postar um comentário