TOQUIO - A CAPITAL DO CRIME INTERNACIONAL

«Lavagem» de milhões
Pelo menos 538 mil milhões de euros provenientes do tráfico de estupefacientes e outras formas de crime organizado são «lavados» anualmente à escala global, estima o Departamento das Nações Unidas sobre as Drogas e o Crime (UNODC).
Cerca de 43 por cento do total dos ativos em causa (232 bilhões de euros) têm origem no comércio de drogas ilícitas. O restante montante está relacionado com a corrupção, a extorsão, o sequestro, o contrabando, o tráfico de pessoas e armas, entre outras actividades delituosas, calcula a mesma entidade.
Um dia depois da UNADOC ter divulgado as suas projeções, o governo japonês anunciou a abertura de uma investigação aos três maiores bancos nacionais – Tokyo Mitsubishi UFJ, Sumitomo-Mitsui e Mizuh, isto depois de se ter confirmado o envolvimento deste último no escândalo de prestação de crédito (230 operações num total de de 1,5 milhões de euros só nos anos mais recentes) a conhecidos membros de máfias nipónicas.
Postar um comentário