HUMALA RECEBEU DILMA NO SEU PALÁCIO DE GOVERNO (PERUANO), CONSOLIDANDO ALIANÇAS IMPORTANTES PARA O DESENVOLVIMENTO DAS TELECOMUNICAÇÕES E ACORDOS NA GESTÃO INTEGRADA DOS RECURSOS HÍDRICOS

Dilma: Aliança entre Brasil e Peru alcançou novo patamar e vai melhorar a vida dos nossos povos.
A presidenta Dilma Rousseff, declarou à imprensa que a aliança estratégica entre Brasil e Peru alcançou um novo patamar e vai prosperar no sentido de melhorar as condições de vida de brasileiros e peruanos. 
Durante a visita, o governo brasileiro e o peruano firmaram acordos em telecomunicações, com o estabelecimento de roaming gratuito na região da fronteira entre os dois países, e colaboração nas áreas de recursos hídricos e desenvolvimento de políticas públicas para geração de emprego. 

No acordo para integração fronteiriça das comunicações, as ligações feitas pelas redes fixa e celular nas cidades de Assis Brasil, do lado brasileiro, e de Iñapari e Iberia, do lado peruano, serão tarifadas como locais, sem cobrança de taxas internacionais ou de roaming. 
As operadoras de telefonia deverão estabelecer as parcerias comerciais necessárias. “Na área das telecomunicações, assinamos acordo pioneiro que prevê a eliminação da cobrança de roaming nos municípios situados na zona fronteiriça. É a primeira vez que são estabelecidos procedimentos para chamadas fixas e móveis, em especial para região com vulnerabilidades específicas, pela sua amplidão, como é o caso das fronteiras em toda a região da amazônica. O acordo poderá servir de modelo para outros instrumentos desse tipo, aqui mesmo, nas nossas fronteiras, mas também em toda a América do Sul”, disse a presidenta durante declaração à imprensa. 
Trabalho e recursos hídricos - Os governos brasileiro e peruano estabeleceram acordo para criação de um marco de cooperação e assistência técnica para o intercâmbio de boas práticas, permitindo que o Peru fortaleça a promoção da empregabilidade e a proteção dos direitos trabalhistas, incluindo o desenvolvimento de pesquisas e elaboração de estatísticas. Ainda foi selado acordo entre a Autoridade Nacional de Água, do Peru, e a Agência Nacional de Águas (ANA), do Brasil, para o fortalecimento dos planos de bacias e de gestão integrada de recursos hídricos, das ações de monitoramentos, incluindo a implementação de uma rede de pontos para aferir a quantidade e a qualidade da água.
Postar um comentário