TV E RADIO GOVERNAMENTAL ESPANHOLA VAI FECHAR

Valência encerra TV
 
O presidente do governo regional de Valência (Espanha) anunciou, dia 6, o encerramento da rádio e televisão regional (RTVV), após o tribunal ter anulado o despedimento coletivo de mil trabalhadores.
Em declarações à imprensa, Alberto Fabra alegou que a reintegração dos trabalhadores teria custos de 40 milhões de euros, verba que, segundo afirma, as autoridades regionais não dispõem. Por isso a única solução é o fecho da RTVV.
Fabra referiu ainda que a RTVV tem uma dívida acumulada de mil milhões de euros e que os gastos com pessoal atingiam os 72 milhões de euros anuais, algo que, no seu entender, é «insustentável».
Sindicatos e trabalhadores, que haviam saudado a decisão do tribunal como uma vitória, promoveram, no sábado, 9, manifestações em Valência, Alicante e Castelon em defesa da TV pública, mobilizando milhares de pessoas.
O protesto teve o apoio de 160 organizações, designadamente dos comités de empresa de vários canais públicos.

Postar um comentário