BRASIL BATE RECORDE DE EXPORTAÇÕES EM 2011. O MUNDO COMPROU DE TUDO DESDE SOJA ATÉ MICHEL TELO


As exportações brasileiras do agronegócio registraram recorde histórico em 2011

Somando US$ 94,59 bilhões, valor 24% superior ao alcançado em 2010, quando atingiu a marca de US$ 76,4 bilhões. O bom desempenho fez de 2011 o melhor ano para a balança comercial do agronegócio desde 1997.
A meta do governo federal para 2012 é ultrapassar US$ 100 bilhões, com estimativa de 5,7% de crescimento, segundo o Ministério da Agricultura. Os produtos do complexo soja – grãos, farelos e óleo – foram os que mais contribuíram para o crescimento nas vendas externas e os que registraram o maior valor de exportação, sendo responsáveis por 38,7% do crescimento total de US$ 18,15 bilhões no agronegócio. Em seguida, encontram-se o café (16,4%), os produtos do complexo sucroalcooleiro (13,2%), as carnes (11,1%) e os cereais, farinhas e preparações (8%).
Em conjunto, os cinco principais setores somaram US$ 74,33 bilhões em exportações, sendo responsáveis por 78,6% do total das vendas externas de produtos brasileiros agropecuários em 2011. Essa participação representa um aumento na concentração da pauta exportadora.
Em 2010, os mesmos setores foram responsáveis por 77,9% dos embarques. “O Brasil está se mostrando apto a suprir o mercado internacional, um mercado que continua crescendo, apesar da crise financeira”, destacou o secretário nacional de Produção e Agroenergia do Ministério da Agricultura, Manoel Bertone. Os principais destinos dos embarques de produtos nacionais foram os mercados da União Europeia, China, Estados Unidos, Rússia e Japão.
Michel Telo do Brasil 
Brazilian International Country-Western Star
Western-country star international 
Alguns anos atrás, a música country brasileira foi considerada caipira por um grande número de pessoas nas principais cidades do país. No entanto, uma recente onda de "Sertanejo Universitário" (College Country), um sub-conjunto do ritmo, mudou a visão de muitos brasileiros de formacão diversificada, incluindo a classe média e residentes metropolitanas.
Apesar da tendência, ninguém esperava que ele iria produzir um sucesso global, mas aconteceu. O único Ai Se Eu Te Pego ("Oh, if I catch you") do cantor brasileiro Michel Telo tem mais de 100 milhões de visualizações no You Tube. 
EM JAPONÊS

Desde setembro, a música cativante foi listada #1 em pelo menos nove países europeus. MTV América Latina e canais de televisão Much More Music também mostrando incansavelmente o videoclipe da música. Segundo a revista Forbes, apenas Ronaldo, Gisele Bündchen e Ronaldinho Gaúcho são os brasileiros mais famosos do que Telo. 
 Na história da música brasileira, embora a qualidade é muitas vezes altamente reconhecido pelos críticos, artistas tem dificuldades para tornar um sucesso internacional. Normalmente, isso acontece quando as músicas recebem versões em espanhol ou Inglês como no caso do ícone da Bossa Nova Antônio Carlos Jobim ou canções românticas de Roberto Carlos. Ricardo Pessanha, um especialista em história da música brasileira e autor do livro "The Brazilian Sound: Samba, Bossa Nova e da Música Popular do Brasil" (Temple University Press), pensa que o fenômeno é resultado da fragmentação do mercado da internet. 
EM ESPANHOL
Além disso, ele acredita que Telo teve sorte. "Nós não podemos negar que ele tem sorte, mas também ele tem uma qualidade tremenda e carisma", disse Pessanha. Uma das primeiras aparições internacionais de "Ai Se eu te pego" foi quando o jogador português do Real Madrid, Cristiano Ronaldo, comemorou um gol dançando a coreografia da música. Um monte de torcedores do Real ficaram curiosos e queriam saber exatamente o que a música era. Além disso, outros jogadores como Neymar Santos fez a festa com mesmo objetivo. 
Para o economista Ricardo Amorim, um consultor especializado e ex-estrategista do mercado da Cisjordânia, o interesse internacional atual para o Brasil é um dos fatores para seu sucesso. "O Brasil é mundial da moda. Claro, há também mérito para Telo que fez uma música e uma dança que se tornou viral ", afirmou Amorim.

Michel Telo nasceu em 1981, em Medianeira, uma cidade agrícola forte no estado do Paraná, onde seus pais tinham uma padaria. O Rei das Festas (Rei das Partes) começou sua carreira de música country em 1997, o Grupo Tradição conhecida nacionalmente a partir do estado de Mato Grosso do Sul, mas deixou a banda em 2008 para fazer sua carreira solo. Ele lançou seu primeiro álbum solo Balada Sertaneja em 2009, que resultou em muitas aparições na televisão.
"Ai si eu te pego" foi lançada no seu segundo álbum, em setembro passado. Telo revelou seu sonho principal: "Eu quero cantar com Shakira". Parece que ele não está longe de realizar isso e cantar com a cantora que tem o maior reconhecimento nos Estados Unidos dentro da comunidade latina. Pessanha diz que é natural. "O público americano é muito exigente com os não-americanos. Eu não sei se um concerto de Telo hoje seria lotado em os EUA sem brasileiros, mas versões em inglês de suas canções ajudaria muito ", concluiu.
  No iTunes, Michel Telo encabeça a lista de vendas no Brasil, Itália, Espanha, Portugal, México, Argentina, Colômbia, Peru, Chile e está no top 10 na Holanda, Suíça, Luxemburgo, Alemanha, Áustria e Israel. Versões de "Ai se eu te pego" foram traduzidos para o hebraico e polonês, e há paródias engraçadas com uma voz de Pato Donald e piadas sobre a crise financeira de Portugal.
Postar um comentário