RELATÓRIO REVELA GUANTÁNAMO COMO CENTRO DE TORTURAS ENCOBERTO POR MÉDICOS INESCRUPULOSOS


Les médecins du centre de torture de Guantánamo

Os médicos do centro de torturas em Guantánamo


A revista científica PLoS Medicine publicou um estudo realizado pelo Dr. Vincent Iacopino (Conselheiro da organização Physicians for Human Rights / Médicos pelos Direitos Humanos) e pelo brigadeiro Stephen Xenakis sobre o papel dos médicos no centro de tortura de Guantánamo.
O Centro de Guantánamo é composto de blocos separados. O estudo incluiu nove casos de pessoas detidas no bloco menos "duro" do centro. O documento revela o comportamento dos médicos que esconderam os abusos praticados sobre os detidos e que prestaram assistência, de tal modo que as vítimas pudessem suportar ulteriores torturas.



TIPOS DE TORTURA
O estudo apresenta uma tabela que ordena os tipos de tortura mais usadas em Guantánamo. São Formas de abuso reconhecidas como tortura pelo governo dos EUA antes de 2002.
São violências que vão desde escrever palavrões no Alcorão do detido, jogar Alcorão do detido no chão, pisoteá-lo proferindo insultos religiosos, passando por colocar uma mangueira e forçar água pela boca, usar spray de pimenta na roupa ou no corpo dos detentos, arrastá-los pelo chão sujo usando na limpeza como fossem uma esponja humana, cuspir-lhes na comida, peidar em suas caras, não permitir-lhes o acesso ao banheiro, até proibir-lhes o mais sagrado de suas atividades que é a oração religiosa.
TABELA DE TORTURAS

Apresentada da mais usada para a menos usada pelos americanos em Guantamo
Privação do sono
Temperaturas Extremas
Ameaças de Morte
Obrigar  manter posições incomodas durante muito tempo
Espancamento
Nudez forçada
Privações dos sentidos
Isolamento prolongado
Exploração religiosa
Ameaças com Cães
Retenção de alimentos e/ou água
Abuso sexual e/ou agressão
Execução simulada ou desaparecimento

(O artigo fala de "técnicas de interrogatório reforçadas" que foram consideradas adequadas para o uso em interrogatórios pelo ex-presidente George W. Bush).

"Neglect of Medical Evidence of Torture in Guantanamo Bay : A Case Series (Negligência de provas médicas de tortura em Guantanamo Bay: Uma Série de Casos) Dr. Vincent Iacopino e brigadeiro Stephen Xenakis, PLoS Medicine, 26 abr 2011 (6 p. 95 KB).
Postar um comentário