CESAR CALLEGARI NA EDUCAÇÃO. CONFIRA O SECRETARIADO DE HADDAD. O NOVO ESTÁ CHEGANDO A SÃO PAULO!

O SOCIOLOGO CESAR CALLEGARI
SECRETARIO DA EDUCAÇÃO
Cesar Callegari. Sociólogo. Secretário de Educação Básica do Ministério da Educação. Membro da Câmara de Educação Básica do Conselho Nacional de Educação e do Conselho de Acompanhamento e Controle Social do FUNDEB no âmbito da União. Foi Diretor de Operações do Serviço Social da Indústria - SESI (SP), Membro do Conselho de Governança do Movimento Todos pela Educação, Presidente da Câmara de Educação Básica do Conselho Nacional de Educação, Secretário Executivo do Ministério da Ciência e Tecnologia, Presidente do Instituto Brasileiro de Sociologia Aplicada - IBSA, Presidente do Conselho Administrativo da FINEP, Secretário Municipal de Educação de Taboão da Serra, Coordenador do Escritório de Representação do Ministério da Ciência e Tecnologia no Estado de São Paulo e Deputado Estadual por dois mandatos dedicados à causa da Educação. Foi Diretor da Escola de Sociologia e Política de São Paulo, Presidente da Fundação para o Desenvolvimento da Educação – FDE, Secretário Adjunto da Secretaria Estadual da Cultura, Chefe de Gabinete da Secretária de Estado da Educação e Diretor do CEPAM - Fundação Prefeito Faria Lima. É autor de vários trabalhos publicados sobre educação pública.
Currículo
Cesar Callegari 
Área de Atuação Profissional  
• Gestão de políticas, programas e instituições públicas nos setores de educação, 
cultura, ciência e tecnologia.  
Formação 
• Sociólogo, pós-graduado em Sociologia e Política. 
Cargos Atuais  
• Secretário de Educação Básica do Ministério da Educação 
• Membro da Câmara de Educação Básica do Conselho Nacional de Educação. 
• Membro do Conselho de Acompanhamento e Controle Social do FUNDEB no âmbito 
da União. 
• Membro do Comitê Nacional de Políticas de Educação Básica.  
Cargos já Ocupados  
• Diretor de Operações do Serviço Social da Indústria - SESI (SP). 
• Membro do Conselho de Governança do Movimento Todos pela Educação. 
• Presidente da Câmara de Educação Básica do Conselho Nacional de Educação 
(2008/2010).  
• Presidente do Instituto Brasileiro de Sociologia Aplicada - IBSA. 
• Secretário Municipal de Educação Cultura Ciência e Tecnologia de Taboão da Serra – 
SP (2005/2009). 
• Presidente da Câmara de Educação Básica do Conselho Nacional de Educação 
(2004/2006). 
• Coordenador do Escritório de Representação do Ministério da Ciência e Tecnologia no 
Estado de São Paulo (2003/2006). 
• Secretário Executivo do Ministério da Ciência e Tecnologia (2003/2004). 
• Presidente do Conselho de Administração da FINEP (2003/2004). 
• Professor-Coordenador de Pesquisa e Pós-Graduação da UniFMU (2003). 
• Deputado Estadual em São Paulo (1995/2003).  
Menções Honrosas  
• Foi condecorado pelo Presidente da República com a Medalha Grã Cruz do Mérito 
Científico (2004).  • Foi homenageado pelas Entidades Nacionais organizadoras do "1º Encontro Nacional 
sobre o Ensino de Sociologia e Filosofia" (2007), pela contribuição à favor da inclusão 
das disciplinas de Sociologia e Filosofia no currículo das escolas de ensino médio 
brasileiras.  
Experiência Profissional Anterior  
• Diretor Executivo da Fundação para o Desenvolvimento da Educação - FDE, 
(1991/1994), onde coordenou programas de formação e aperfeiçoamento de recursos 
humanos para o ensino público, programas de manutenção e expansão da rede física 
das escolas estaduais, programas de tecnologia educacional e outras atividades 
complementares de apoio às políticas públicas estaduais na área da educação, 
voltadas, na época, à reforma do ensino público no Estado de São Paulo.  
• Membro do Conselho Superior da Fundação Escola de Sociologia e Política de São 
Paulo (1987/1995). 
• Diretor do Instituto de Estudos Municipais da FESPSP (1988/1994). 
• Diretor da Escola de Sociologia e Política de São Paulo (1991/1993). 
• Chefe de Gabinete da Secretaria de Estado da Educação e Presidente do Conselho da 
Fundação para o Desenvolvimento da Educação (1987/1988). 
• Chefe de Gabinete da Fundação Prefeito Faria Lima – CEPAM (1984/1987) onde, além 
de outras atividades, reorganizou os programas de formação de recursos humanos 
para a administração municipal e implantou o Projeto RECEM - Rede de Comunicação 
de Experiências Municipais.  
• Técnico em Pesquisa no SENAI - Departamento Regional de São Paulo (1978/1984), 
sendo autor de várias publicações técnicas sobre demanda de mão-de-obra e 
necessidades de formação profissional.  
• Secretário Executivo do Ministério da Ciência e Tecnologia (2003/2004), onde ocupou 
o cargo de Ministro interino. Foi o responsável pela correção no valor das bolsas do 
CNPq, que estavam congeladas há 10 anos e pela implantação do programa Importa 
Fácil, mecanismo que facilita a importação de insumos para pesquisadores brasileiros. 
• Coordenador dos Fóruns de Inovação Tecnológica e Inclusão Social realizados no 
Estado de São Paulo, entre 2005 e 2006, pelo Ministério da Ciência e Tecnologia com 
o objetivo de identificar instituições públicas e privadas relacionadas ao tema da 
inovação tecnológica, bem como, arranjos produtivos emergentes e construir redes de 
cooperação.  
• Secretário Adjunto e Chefe de Gabinete da Secretaria de Estado da Cultura 
(1988/1991), onde coordenou a implantação de programas de formação de recursos 
humanos para a cultura a partir da criação das Oficinas Culturais e da Universidade 
Livre de Música. 
• Membro do Conselho Curador da Fundação Padre Anchieta - Rádio e Televisão 
Cultura (1997/1998).  
• Eleito deputado estadual em São Paulo com 36.636 votos (1.994).  
• Reeleito Deputado Estadual em São Paulo com 30.657 (1.998) . 
• Eleito pelo "Movimento Voto Consciente", por duas  vezes, entre os melhores 
deputados estaduais de São Paulo (1998 e 2002). • Presidente da Comissão de Educação. 
• Presidente da CPI da Educação, que demonstrou que  o Governo do Estado havia 
desviado R$ 4,7 bilhões do ensino público. 
• Autor da proposta do Plano Estadual de Educação. 
• Criador do Parlamento Jovem. 
• Autor de várias Leis e Projetos de Lei nas áreas de educação, cultura, ciência e 
tecnologia.  
Alguns Trabalhos Realizados e Publicados  
• "Curso Atualização e Capacitação sobre Formulação e Gestão de Políticas 
Públicas", 2008 - Organizador - Escola de formação política  Miguel Arraes – 
Fundação João Mangabeira. 
• Autor do Parecer do Conselho Nacional de Educação  nº 38/2006 e Resolução da 
Câmara de Educação Básica do Conselho Nacional de Educação nº 4/2006, que 
institui a obrigatoriedade das disciplinas de Filosofia e Sociologia no currículo das 
escolas de ensino médio brasileiras. 
• “O FUNDEB e o Financiamento da Educação Pública no Estado de São Paulo”, 
2007 – Organizador - Editora Ground. 6 Edições. Última em 2011. 
• "Curso de Formação, Capacitação e Atualização Política, 4 volumes", 2007 - 
Organizador - Escola de formação política Miguel Arraes – Fundação João 
Mangabeira.  
• “O Fundef e a Municipalização do Ensino Fundamental no Estado de São Paulo”, 
2002 – Editora Aquariana. 
• “Ensino Fundamental: a Municipalização Induzida”, 1997 - Editora SENAC.  
• As Verbas da Educação - a luta contra a sonegação de recursos do ensino 
público em São Paulo, 1997, Editora Entrelinhas.  
• “Censo Cultural do Estado de São Paulo”, 1990 - Secretaria de Estado da Cultura. 
• “Municípios em Busca de Soluções”, 1986 - CEPAM.  
• Série de estudos sobre “Os impactos do FUNDEB no financiamento do ensino público”, 
em 2007, para os Municípios de: Sertãozinho, Araçatuba, Barueri, Salto, São José dos 
Campos, Diadema, Praia Grande, Mogi da Cruzes, Jaú, Mauá, Guararema, São 
Carlos, Piracicaba, Ribeirão Pires, Valinhos, Americana, Limeira, Santa Rosa do 
Viterbo, Ribeirão Preto, Ferraz de Vasconcelos, Taboão da Serra e Itatiba (SP). 
• Estudo focando a educação básica no Município de Várzea Paulista (SP), 2007: “O 
potencial de demanda, o atendimento efetivo e o financiamento do ensino público”.  
• Estudo focando a educação básica no Município de Ferraz de Vasconcelos, 2006: 
“dimensionando e correlacionando, o potencial de demanda, atendimento efetivo, 
financiamento obrigatório de ensino público e a implantação do ensino fundamental de 
nove anos”. 
• Série de estudos sobre “O potencial de demanda, o  atendimento efetivo e o 
financiamento obrigatório do ensino público: subsídios para o planejamento educacional”, 2003, 2004 e 2005, focando os Municípios de São Paulo, Americana, 
Santo André, Campinas, Nova Odessa, Rio Claro, São  Carlos, Mogi-Mirim, Itatiba, 
Ribeirão Preto, Salto e Avaré. 
• Estudos para APEOESP – Sindicato dos Professores do Ensino Oficial do Estado de São Paulo
Prefeito eleito já indicou um total de 14 secretários para compor seu governo


O prefeito eleito de São Paulo, Fernando Haddad (PT), anunciou na tarde desta quarta-feira (28) mais sete secretários que em janeiro irão compor o novo governo municipal. São eles: Eliseu Gabriel (Desenvolvimento Econômico e Trabalho), Francisco Macena (Coordenação das Suprefeituras), João Antonio (Relações Governamentais), Netinho de Paula (Promoção da Igualdade Racial), Luciana Temer (Assistência Social), Marianne Pinotti (Pessoa com Deficiência e Mobilidade Reduzida) e Roberto Trípoli (Verde e Meio Ambiente).

A Secretaria de Promoção da Igualdade Racial será criada na nova estrutura administrativa da Prefeitura, conforme compromisso de campanha. Outra modificação é a extinção da Secretaria Especial do Microempreendedor Individual, cujas competências serão absorvidas pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico e do Trabalho.

Este é o terceiro anúncio de secretariado durante o período de transição. Em 14 de novembro, Haddad anunciou os deputados federais Jose de Filippi Jr. e Jilmar Tatto para chefiar as pastas de Saúde e Transportes, respectivamente. Antes disso, em 12 de novembro, o prefeito eleito anunciou a indicação de Antonio Donato (Governo), Leda Paulani (Planejamento), Luís Fernando Massonetto (Negócios Jurídicos), Marcos Cruz (Finanças) e Fernando de Mello Franco (Desenvolvimento Urbano).

Abaixo os perfis dos indicados

Desenvolvimento Econômico e Trabalho
Eliseu Gabriel (PSB), formado em Física pela USP, foi reeleito para o quarto mandato como vereador. Na Câmara, exerceu cargos importantes, como a presidência de comissões permanentes, CPIs e a relatoria do Orçamento. Na gestão Montoro, trabalhou nas secretarias do Interior e do Planejamento, além da então estatal Eletropaulo.

Coordenação das Subprefeituras
Francisco Macena (PT) ocupa o segundo mandato na Câmara de Vereadores de São Paulo. Presidiu a comissão de Política Urbana na Câmara. É professor de pós-graduação na Universidade Nove de Julho. Foi presidente da Companhia de Engenharia de Tráfego na gestão da prefeita Marta Suplicy (2001-2004). Na gestão da prefeita Luiza Erundina, em 1989, foi administrador regional da Vila Prudente.
Relações Governamentais
João Antonio (PT), advogado, é deputado estadual em seu primeiro mandato. Vereador na Câmara Municipal paulistana por três mandatos consecutivos, foi líder do governo Marta em 2003 e 2004 e presidente da Comissão de Constituição, Justiça e Legislação Participativa da Casa entre 2006 e 2008. É o atual secretário de Organização do PT estadual.



Promoção da Igualdade Racial
José de Paula Neto (PCdoB) é vereador em primeiro mandato, reeleito este ano em São Paulo. Apresentador de TV e cantor, Netinho, como é conhecido, atuou em projetos sociais antes de ingressar na carreira política. Criou o Instituto Casa da Gente. Na Câmara Municipal, é integrante da Comissão de Educação, Cultura e Esporte.

Assistência Social
Luciana Temer (PMDB), advogada especializada em Direito Constitucional, com doutorado na área, é professora da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, exerce sua atividade profissional com escritório em São Paulo, e já ocupou o cargo de secretária-adjunta e secretária do estado de Juventude, Esporte e Lazer. Luciana também já foi coordenadora de Assistência Jurídica do CEPAM – Fundação Prefeito Faria Lima e delegada de Polícia da Delegada de Defesa da Mulher.

Pessoa com Deficiência e Mobilidade Reduzida
Marianne Pinotti (PMDB), médica especialista em ginecologia e obstetrícia e mastologia, com mestrado e doutorado pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, foi diretora do Departamento de Mastologia do Hospital Pérola Byington por sete anos e Secretária de Saúde do município de Ferraz de Vasconcelos (SP). Disputou o cargo de vice-prefeita de São Paulo na chapa de Gabriel Chalita, e foi candidata a vice-governadora em 2010.

Verde e Meio Ambiente
Roberto Tripoli (PV) é publicitário e ambientalista. Fundador do Partido Verde e vereador desde 1988. Foi presidente da Câmara Municipal nos anos de 2005 e 2006. Em sua atividade parlamentar atua nas áreas de meio ambiente, proteção da vida animal e direito dos idosos. É autor das Leis do Psiu e da Cidade Limpa, e de leis e políticas públicas em defesa dos animais. Tem também atuação na conservação da fauna silvestre, inclusive o combate ao tráfico.
Postar um comentário