POVO RUSSO AVALIA FAVORAVELMENTE LENIN E STALIN

Maioria aprova ex-dirigentes soviéticos
Um inquérito realizado entre 19 e 22 de Abril pelo Instituto Levada indica que a maioria dos russos avalia positivamente os dirigentes soviéticos, e negativamente os mais conhecidos protagonistas locais do derrube da URSS. 
O imperador Nicolau II, deposto pela Revolução de 1917, recolhe um total de 48 por cento de opiniões favoráveis.
Apesar da intensa campanha de intoxicação pública contra a ideologia comunista, os comunistas e o seu projecto de sociedade, a União Soviética e a construção do socialismo, Lénin e Stálin recolhem avaliações positivas de 55 e 50 por cento, respectivamente. 
Valores semelhantes, segundo o inquérito do Levada, são obtidos por Khruchov (45 por cento) e Brejnev (56 por cento).
Já Gorbachov e Iéltsin são considerados pela maioria como figuras de ação perniciosa, motivando avaliações negativas da parte de 66 e 64 por cento dos questionados, e o valor de aprovação mais baixo entre as figuras consideradas, 22 por cento.
Postar um comentário