LULA, O INIMIGO NUMERO UM DAS DESIGUALDADES SOCIAIS, RECEBE HONRARIAS NO EQUADOR





O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva chegou nesta quinta-feira (6) a Quito, capital do Equador, onde se encontrou com o presidente Rafael Correa.
Na sede do governo federal, Lula recebeu a Ordem Nacional de San Lorenzo, a mais antiga do país, instituída por ocasião da independência do Equador, em 1809. Posteriormente, Lula falou no Teatro Nacional de la Casa de La Cultura a uma plateia de mais de dois mil equatorianos sobre as conquistas e desafios da integração latino-americana, um dos eixos de trabalho do Instituto Lula. À noite, Lula e Rafael Correa jantaram juntos.
Durante a entrega da condecoração a Lula, Rafael Correa destacou a importância do Brasil para a América Latina, “um país onde tudo se conta com seis ou até sete zeros e Lula soube contar com o coração para mudar a vida de milhões de pessoas”. Correa disse que o ex-presidente brasileiro, por seu trabalho em favor da democracia, da diminuição das desigualdades e pela aproximação entre os povos latino-americanos, “é um do maiores artífices modernos da grande pátria com que sonhamos”.
É um privilégio, para mim, conceder-lhe a condecoração da Ordem Nacional de San Lorenzo como demonstração de respeito, admiração e carinho profundo que sente nosso povo pelo presidente Lula”, completou Correa.
Antes de Quito, Lula visitou Bogotá e Lima. O ex-presidente continua em Quito nesta sexta, onde ministra uma palestra para a Câmara de Comércio Equatoriano-Brasileira e receberá dois títulos de doutor honoris causa à tarde.



Ouça abaixo o áudio de Rafael Correa na íntegra.
Para saber mais sobre o dia do ex-presidente Lula no Equador: http://www.institutolula.org/
Postar um comentário