O MINISTRO MANTEGA CRITICA RELATÓRIO DO FMI E SALIENTA: "ESTAMOS SÓLIDOS"

  • "O Brasil tem uma posição muito forte que nos permitiu atravessar a turbulência causada pela retirada dos estímulos pelo Federal Reserve dos EUA, e que foi passado e nos colocar à prova. Portanto não tem sentido as conclusões desse relatório".
Mantega disse que o real está "fortalecido" (cerca de 10%) nos últimos seis meses e as ações valorizaram 21,1% no mesmo período, enquanto que destacou a entrada contínua de investimento estrangeiro no país desde 2011.
O ministro também elogiou a decisão do Banco Central a tomar medidas para aumentar a liquidez no mercado, entre os quais está uma injeção equivalente a 13.630 milhões de dólares.
"É um país atraente", disse o ministro das Finanças, que observou que o Brasil tem grandes reservas internacionais.
De acordo com Mantega, os analistas responsáveis ​​pelo relatório cometeram o mesmo erro feito no início do ano que falavam da chegada de uma "tempestade perfeita" na economia brasileira.

Postar um comentário