URUBÓLOGA CHORA! A EUROPA AFUNDA E O BRASIL CRESCE

Salários diminuem 10% em Espanha
Salários aumentam 8% no Brasil

O salário médio brasileiro mostrou um aumento real consecutivo e o PIG, como estamos acostumados, fica calado sobre o sucesso do Govervo Dilma.
Em outros tempos, a Globo iria se escorar nos numeros europeus para derrubar o vitoria brasileira. Em sua coluna semanal, dando informações sobre a vida financeira, a jornalista, Mara Luquet e a colunista Miriam Leitão, em novembro de 2013, antecipavam o desastre economico e financeiro do Brasil e a retomada do crescimento da Europa em 2014, prevendo o aumento de salários na Espanha, por conta das medidas neoliberais efetuadas em setembro. Adivinhem. Mais uma vez, o urubu Global errou.
Os salários em Espanha caíram em média dez por cento, nos últimos dois anos, segundo apurou o terceiro Observatório de Acompanhamento da reforma trabalhista, divulgado na semana passada.
O estudo, que se baseou em inquéritos a empresas, constatou ainda a diminuição do número de contratos por tempo indeterminado e a duplicação dos vínculos de trabalho precários, que passaram de 8,1 por cento para 16,6 por cento, nas empresas com mais de 50 trabalhadores.
A par disso, as empresas recorreram mais à subcontratação de trabalhadores através de empresas de trabalho temporário.

Em conferência de imprensa os autores do estudo reconheceram que a reforma laboral beneficiou os empresários, permitindo-lhes despedir e reduzir salários com mais facilidade do que antes.
Postar um comentário