NAVIOS IRANIANO SEGUEM PARA COSTAS NORTEAMERICANAS

As duas políticas militares do Irã

Iran’s two military policies


O governo de Hassan Rohani decidiu enviar, pela primeira vez, um destroyer e um navio porta-helicópteros para as costas do mar dos Estados Unidos. 
Esta ação é uma resposta aos EUA por espalhar a frota norte-americana às costas do Irã.  No entanto, esta resposta iraniana é um puro gesto mediático. O importante está por um outro lado: é que, ao mesmo tempo, o presidente Rohani reduziu o orçamento destinado ao exercício anual de mísseis dos Guardas da Revolução.

Simultâneamente, o governo de Rohani decidiu, também, não colocar nas mãos de Khatam al-Anbia (empresa controlada pelos Guardas da Revolução) a continuação da construção das auto-estradas de Teerã.
Durante a presidência de Mahmud Ahmadinejad, o Irã se converteu numa importante potência em matéria de fabricação de foguetes portadores de ogivas. O conflito, já previsível, entre o novo presidente e os Guardas da Revolução acaba de começar.

Numa intervenção perante a agência de noticias de Fars, o Guia Supremo da Revolução iraniana, aiatolá Ali Khamenei, sublinhou que, apesar das aparências, a atual amabilidade dos Estados Unidos versus o Irã não modifica, no mínimo, o projeto americano de derrubar o regime fundado pelo aiatolá Ruhollah Khomeiny.
Postar um comentário