ATO EM DEFESA DO LULA - DIA 17 DE FEVEREIRO NO FÓRUM DA BARRA FUNDA/10 horas

Artistas, intelectuais, juristas, movimentos sociais e trabalhadores defendem Lula! TODOS somos contra essa relação promiscua entre mídia e Lava Jato

 
Uma campanha orquestrada por setores de direita e com engajada contribuição da chamada grande mídia promove um verdadeiro linchamento público do ex-presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva. Em resposta a essa “caçada política”, diversas personalidades manifestaram apoio e solidariedade a Lula.

Por Laís Gouveia






Uma manifestação de apoio a Lula, convocada pela Frente Brasil Popular, está marcada para o próximo dia 17, às 10h, na capital paulista, momento em que o petista prestará depoimento no Fórum da Barra Funda na investigação que apura um suposto envolvimento de Lula e seus familiares com um apartamento no Condomínio Solaris, em Guarujá.



Presidenta Dilma defende Lula 

A presidenta Dilma Rousseff saiu em defesa de Lula neste sábado (13). Durante uma entrevista coletiva realizada no Rio de Janeiro no dia de mobilização nacional para o combate ao mosquito Aedes aegypti, Dilma afirmou que Lula é vítima de “grande injustiça”.

Outros grandes nomes de projeção nacional e internacional contestam o linchamento que Lula está sofrendo. O músico e escritor Chico Buarque de Holanda considera que toda a campanha difamatória ocorre para prejudicar o ex-presidente, “querem enfraquecê-lo em 2018”. O cineasta Jorge Furtado, o escritor Fernando Morais, o ator Zé de Abreu e o economista Luís Carlos Bresser-Pereira, um dos fundadores do PSDB, também defenderam Lula. “Só um clima de intolerância e de ódio pode explicar o cerco de que está sendo vítima", afirmou Bresser-Pereira.


Juristas denunciam relação promiscua entre mídia e Lava Jato

No intuito de expor a parceria oportunista da mídia com a Operação Lava Jato, juristas e advogados escreveram uma nota de desagravo, expondo a campanha para criminalizar a figura do ex-presidente Lula, e o papel da revista Época em manipular a opinião pública com suas matérias “investigativas”. 

Os juristas também fizeram a defesa dos advogados do ex-presidente Lula, Nilo Batista e Roberto Teixeira. No total, a nota possui 142 assinaturas.

Movimento social: “Mexeu com Lula, mexeu comigo!”

Renan Alencar, presidente nacional da União da Juventude Socialista (UJS), salienta que a juventude está mobilizada para o ato em defesa do ex-presidente. “Há tempos denunciamos a campanha dos setores conservadores que vinculam a imagem de Lula a factoides e aos vazamentos seletivos, fomos na porta da Editora Abril contestar a revista Veja e nunca toleramos o boneco ‘Pixuleco’. Na próxima quarta-feira (17), vamos nos dirigir ao Fórum da Barra Funda, denunciando essa campanha difamatória para a mídia, justiça e sociedade”, avalia.

Manifestação realizada pela UJS para denunciar a manipulação da notícia

O presidente da Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB), Adilson Araújo, considera que a elite conservadora luta de forma insaciável para encerrar o ciclo progressista inaugurado por Lula em 2003. “Ao atacar a liderança do ex-presidente Lula, eles tentam destruir o legado de conquistas no plano político, econômico e social, que de forma substancial elevou a autoestima e melhorou a condição de vida do nosso povo. Uma eventual derrota de Lula seria a sepultura da esquerda brasileira. Com isso os golpistas teriam um terreno fértil para aplicar uma agenda contra os trabalhadores e as trabalhadoras, ameaçando a democracia, os direitos sociais e trabalhistas e a soberania nacional”, conclui.

A Frente Brasil Popular, organização que representa mais de 60 entidades do movimento social que possuem o sentimento em comum de lutar por mais democracia e por uma nova política econômica, emitiu uma nota em defesa do ex-presidente. 

Leia a nota abaixo:

Somos solidários a Lula!

Com o mote “Lula eu defendo, Lula eu respeito!”, a Frente Brasil Popular em São Paulo, que congrega diferentes movimentos social e sindical e os partidos políticos PT, PCdoB e PDT, repudia a forma seletiva como vêm sendo conduzidas as investigações da Operação da Lavo Jato. 
Da mesma maneira, repudia a forma criminosa e manipuladora com que a mídia tradicional cobre e transmite as versões dos fatos, tendo como principal interesse atingir a imagem e a honra do ex-presidente Lula, figura emblemática na história política do Brasil. 

O ex-presidente representa a história de luta dos movimentos social e sindical e dos partidos políticos de esquerda. Todos nos sentimos atingidos com os constantes ataques feitos a Lula.
A Frente Brasil Popular em São Paulo não aceitará a postura golpista e antidemocrática que tanto setores do Poder Judiciário como a grande mídia tentam impor ao povo brasileiro.

Por isso, convocamos a todos e todas para um Ato em Defesa do ex-presidente Lula, no dia 17 de fevereiro de 2016, a partir das 10 horas, no Fórum Criminal da Barra Funda, na Avenida Doutor Abrahão Ribeiro, 313, no centro da capital paulista.





Postar um comentário