GREVE GERAL EM PARIS

Jornada de greves em França
Diversos setores do funcionalismo público, bem como os controladores aéreos e os taxistas realizaram em toda a França, paralisações e protestos. 
Os trabalhadores do Estado pretendem a valorização dos salários depois de anos de perda de poder de compra e denunciam a erosão de postos de trabalho em diversas áreas, designadamente no ensino público com os professores a assumirem a dianteira da jornada de luta.
Os controladores aéreos, cuja greve obrigou à supressão de vários voos, contestam igualmente a delapidação de empregos e recusam a reforma do sistema de retribuições extraordinárias, alegando que tal pode levar à perda de até metade da respectiva do valor salarial.
Os taxistas, cuja paralisação e marchas lentas bloquearam os acessos a grandes cidades, incluindo Paris e Marselha, manifestam-se contra a concorrência desleal por parte dos chamados veículos de aluguel com condutor.
Postar um comentário