O INVERNO DO GOLPISMO JAMAIS VENCERA A PRIMAVERA DA DEMOCRACIA! VAMOS TRANSFORMAR AS RUAS DO BRASIL NUM IMENSO JARDIM FLORIDO!

“Os poderosos poderão matar uma, duas ou três rosas, mas jamais conseguirão deter a primavera inteira – Che Guevara.
Todos às Ruas dia 1º de maio, aí na sua cidade! todos os partidos de esquerda e todos movimentos sociais e populares estão juntos.

Messias Gonçalves Cardoso
“Unir a esquerda, as forças progressistas e revolucionárias para enfrentar a direita e o imperialismo”
As ruas sempre foram nossas trincheiras, sempre foram os nossos quartéis generais, então, estamos convidando a todos cidadãos e cidadãs de bem para dizer não ao golpe da direita. Dia 13 de março de 2015. Em Goiânia será a partir das 10 horas na praça Cívica
Se “Lula venceu o medo”, e “Dilma venceu a mentira”, o “Povo Brasileiro Vencerá o Golpismo”.
"A única coisa que um trabalhador tem a perder na luta contra a burguesia e opressores são suas correntes."
Contra o GOLPISMO, por REFORMA POLÍTICA, REGULAÇÃO DA MÍDIA, PELA LIBERDADE E PELA DEMOCRACIA QUE É DE TODOS.
Vem pras ruas homens e mulheres do Calibre de Anita Garibaldi, de Olga Prestes, Harry Berger, Auguste, Victor Allan Baron, Rodolfo Ghioldi,Carmem Ghioldi, Carlos Marighella, Dilma Rousseff, Lula, Ulisses Guimarães, de Agildo, Pinheiro Salles, Sisson, Agliberto e Cascarato,vem Jorge Amado, vem Castro Alves, vêm romancistas, vem sábio, vêm jornalistas e poetas verdadeiros, vêm operários, soldados e marinheiros, vem operário e camponês, padres e comerciantes, médicos e engenheiros, choferes e estivadores, vem gente de todas as classes, vem ricos e pobres, todos os que têm um coração honesto, que trazem no peito um amor ao Brasil. Vem descendente de Felipe dos Santos arrastado pela cauda de seu cavalo nas ruas de Vila Rica, Vem descendentes de Tiradentes enforcados numa praça pública do Rio, vem frei Caneca fuzilado contra um muro, Zumbi se atirando de uma montanha para não voltar a ser escravo, Pedro Ivo no seu cavalo negro, Che Guevara deitado na encosta das montanhas de Bolívia Sierra Maestra, procurando o ar de sua respiração, vamos todos em busca da liberdade. Agora nesse momento de nossa história, que parece uma noite tenebrosa que nos remete aos anos de 1936, depois aos anos tenebrosos e assombrados de 1964, vamos ter que nos pronunciar nos momentos em que homens tão pequenos perderam a fisionomia de homens, os seus sentimentos de homens, são como vermes ferozes, odiosos e desprezíveis, nojentos e perigosos como víboras, como a pessoas das ruas dia 15 de março passado, que numa profunda insanidade mentais, Estamos falando de homens bestiais que estão envolvidos na plantação desse festival de insulto não só à nossa presidenta ou a todos que tem a ousadia de defender a democracia e a liberdade pensamento, e contesta uma elite raivosa que não se conforma de ter perdido. Estamos falando de homens e mulheres que estão investidos nessa lama de tudo que degrada, esses plantadores de ódio, amanha podem ser os nossos torturadores, eles não tem coração e nem amor ao Brasil. Eles nascem do Conúbio de vermes com feras. Com a máscara de ser humano apenas. Eles parecem não ter outro gozo a não ser o gozo de desprezar as pessoas. Nunca a direita se escancarou tanto a sua descida como nos dias de hoje, ou nós fazemos alguma coisa, ou eles se apossarão do poder mesmo sem o nosso consentimento. Com a desculpa esfarrapada de combater a corrupção, mais o querem são na verdade é se apossar de poder de tudo. Vêm todos, pois se aproxima a noite da tirania, e depois que eles tomarem as ruas, o poder, a nós, só restarão os fundos frios e sujos dos calabouços ou a morte cruel, como restou a Luiz Carlos Prestes, Alga Benário Prestes , Tiradentes, Frei Caneca, e tantos outros.
O meu e o seu voto ajudou a salvar a vida de 36 milhões de brasileiros que passavam fome nos governos de FHC/PSDB.
Vamos defende-lo pois queremos avançar e não retroceder para a noite da tirania.
Dos versos de Zé Vicente, nada mais real que o verso, caveira de ditadores, soldados tristes calados, com olhos esbugalhados, vendo avançar o amor. Por mais que mães gritaram qual loucas, antes que fiquem tão roucas, onde acharão seus filhos mortos, levados na noite da tirania, mesmo que matem o dia, jamais calarão.
No centro do continente, marcham um punhado de gente, com a vitória na mão.
Nos mandam sonhos, cantigas,em nome da liberdade, com o fuzil da verdade, combatendo firme o dragão. Bandeiras de um novo tempo vão semeando ao vento, frases teimosas de paz. Lá nas mais alta montanha, há um pau d'arco florido, um guerrilheiro querido, que foi buscar o amanha, há um índio tocando flauta, recusando a velha pauta, que sistema quer lhe impor.
No violão um menino e um negro tocam tambores,
Há sobre a mesa umas flores, pra festa que vem depois
1º de maio, Eu sou Dilma, ponha sua velha camisa vermelha, venha com os partidos já confirmados: PT, PCdoB, PSOL, PSTU, PCB, PCO
movimentos sociais:
MST, MTST, CUT, CTB, UNE, UBES, CEBs, CNBB, AMB, UJS, ABGLT, JPT, APG-USP, ABRAPPS, ACNAP< ASTJUCE, CMP, CEBRAPAZ, CUFA, Pula catraca, Kizomba, Levante popular da Juventude, Enegrecer, Afro Brasil, Fora de Eixo, Grito dos Excluídos, Evangélicos pela Justiça,(EPJ), Cáritas Brasileira, Caritas Diocesana de São Paulo, Centro de defesa da vida e dos direitos humanos, Centro Marista de Juventude (PJ) , Pastoral da Juventude Rural (PJR), Pastoral Operária (PO).
Presenças confirmadas: Lula, Pepe Mujica (ex-presidente do Uruguai), João Pedro Stédile, Jean Wyllys, Luiza Erundina, Leonardo Boff, Chico Buarque de Holanda, Frei Betto, Franklin Martins.
Postar um comentário