DILMA REITERA AMIZADE PELA HERMANA CRISTINA E BOTA PONTO FINAL NAS FOFOCAS DO PIG ARGENTINO


Rousseff reitera a sua amizade
à presidente Cristina Fernández de Kirchner
O Palácio do Governo brasileiro emitiu um comunicado negando as observações do Presidente Dilma Roussef sobre a inflação argentina. Seu suposto palpite na taxa de inflação do país causou desconforto diplomático ontem, quando vários organismos nacionais e internacionais veículos de mídia publicaram notícias sobre as observações alegadas.
De acordo com artigos publicados ontem, dando simultaneamente resposta às reivindicações dos sindicalistas que pediam subsídios semelhantes às postas em prática pela presidente Cristina Fernández de Kirchner, Dilma Roussef teria respondido, assegurando que a taxa de inflação anual da Argentina era de 20 por cento.

Hoje, os comentários foram refutadas por um comunicado oficial emitido pelo Palácio do Planalto, a Casa Civil do Governo brasileiro.

 Nota Oficial

A Presidenta Dilma Rousseff desautoriza comentários feitos, em seu nome, por terceiros, sobre a situação econômica da Argentina. A Presidenta não opina sobre assuntos internos de outros países, menos ainda de um país amigo e irmão, como a República Argentina.
A Presidenta Rousseff reitera sua amizade por Cristina Fernández de Kirchner e sua confiança nos rumos que a mandatária argentina vem imprimindo a seu país.
Postar um comentário