WIKILEAKS DESNUDA OUTRA FARSA AMERICANA: O CORPO DE BIN LADEN ENCONTRA-SE EM SOLO AMERICANO

Bin Laden não foi ao Mar


EUA ignorou a tradição islâmica 


O corpo não foi enterrado

dentro das 24 horas pós morte

O WikiLeaks fez mais uma revelação polêmica ao jornal espanhol “Público” nesta quarta-feira, 7. Segundo a organização, o corpo do ex-líder do grupo Al QaedaOsama Bin Laden, não foi lançado ao mar como informaram as autoridades dos Estados Unidos.
Segundo a nova teoria, o corpo do "terrorista" mais procurado  de todos os tempos e assassinado pela força militar americana teria sido levado aos EUA em um avião da agência de investigação, CIA. Como prova, a publicação apresentou um e-mail, classificado como super confidencial, onde um dos diretores da Stratfor Global Intelligence, empresa privada de segurança conhecida como 'CIA enrustida', Fred Butron, escreveu: “...fui informado que trouxemos o corpo. Graças a Deus”.

Depois seguirá até o Instituto de Patologia das Forças Armadas em Bethesda (região perto de Washington)”, revelou ainda o mesmo e-mail, que tinha como título “OBL”, interpretado pelo jornal como as iniciais de Osama Bin Laden.

Burton também é ex-agente especial do Serviço Secreto Diplomático do Departamento de Estado dos EUA, e sempre dirigiu os seus textos à “alfa”, que segundo a publicação, significa que a informação é restrita a uma cúpula de máxima responsabilidade na corporação.

Em outro e-mail enviado pelo mesmo grupo foi apresentado:
Nós quereríamos ter a fotografia, o DNA, as impressões digitais, etc... Seu corpo é como a cena de um crime e não concebo que o FBI (polícia federal americana) e o Departamento de Justiça permitissem semelhante coisa”.
Rescaldos de um Assassinato


OBAMA MANTÉM A VERSÃO OFICIAL

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, confirmou em pronunciamento na TV a morte de Osama na madrugada de segunda-feira, 2 de março de 2011.

Ao vivo, Obama contou que a morte foi resultado de uma ação de inteligência do Exército norte-americano em parceria com o governo paquistanês, que localizaram o alvo em Abbottabad, no Paquistão.


Mais tarde, o Governo dos Estados Unidos informou que o corpo de Bin Laden foi levado de Abbottabad ao porta-aviões Carl Vinson, no mar de Arábia, onde seguindo os costumes islâmicos foi lavado e envolvido em um sudário branco.

O governo americano informou que  Bin Laden foi lavado e após a cerimônia, ele foi colocado em uma bolsa carregada com pesos e jogado ao mar. Seguiu a tradição islâmica: seu corpo foi enterrado dentro das 24 horas depois da morte.
O ex-líder do grupo terrorista Al-Qaeda ganhou principal destaque por assumir a autoria dos ataques de 11 de setembro de 2001 às Torres Gêmeas, símbolo econômico dos EUA, que matou mais de 3 mil pessoas.
No entanto, mesmo com a morte de Osama, o medo do terror ainda assombra os americanos. "Apesar de Bin Laden estar morto, a Al-Qaeda não está", disse o diretor da principal agência de espionagem dos EUA em discurso. “Devemos -e vamos- permanecer vigilantes e resolutos", completou.

“Assim como o alegado descartar do cadáver de Osama no oceano, nada resta além da palavra do governo dos EUA, que mentiu sobre as armas de destruição em massa do Iraque e as ligações com a Al Qaeda, sobre yellowcake, sobre as armas nucleares iranianas, e, segundo milhares de experts, sobre o 11 de setembro. Subitamente o governo está nos dizendo a verdade sobre a morte de Bin Laden? Se você acredita nisso, eu tenho uma ponte em Brooklyn que estou vendendo por um bom preço.”Paul Craig Roberts


“A ‘guerra ao terrorismo’ é uma fabricação, uma propaganda de guerra que continua a servir de eterno pretexto para a guerra global de recursos.” – Larry Chin


"É uma maquilagem completa, estamos num teatro americano do absurdo... porque estamos fazendo isso denovo... nove anos atrás este homem já estava morto... porque o governo têm de mentir repetidamente para o povo americano?" -  PhD. Steve R. Pieczenik - ex-auxiliar da Secretaria do Estado e alto funcionário do Departamento de Defesa norte-americano.

Enquanto a história oficial continua a ser reescrita pelos americanos e aqueles na mídia brasileira que simplesmente realegam todas as conclusões da imprensa governamental, críticos e céticos começam a imaginar quais outras mentiras e “névoas de guerra” deste tipo podem emergir nas próximas semanas e meses. E talvez ainda mais importante, podemos tambem nos perguntar se existem realidades que podem nunca ver a luz do dia!







Postar um comentário