HADDAD LIDERA PESQUISA ESPONTÂNEA PARA A PREFEITURA DE SÃO PAULO



Fernando Haddad é mencionado espontaneamente por 50% dos paulistanos que responderam a pesquisa citando o nome de quem já é o seu candidato escolhido.

A pesquisa foi encomendada pelo Sindicato das Empresas de Transportes de Carga de SP e Região (SETCESP) e foi realizada entre os dias 16 e 19 de junho/2016.


Na pergunta espontânea, em que os entrevistados são perguntados sobre a intenção de voto,  o atual prefeito Fernando Haddad é mencionado espontaneamente por 50% dos paulistanos e Celso Russomanno por 40%. Os demais possíveis candidatos juntos têm apenas 10% das citações.

CELSO RUSSOMANNO - NOVEMBRO/2015 - Condenado a dois anos de prisão por peculato

O deputado federal e possível candidato a prefeitura de São Paulo em 2016, Celso Russomanno (PRB-SP), foi condenado pela Justiça Federal a dois anos e dois meses de prisão por peculato, ou seja, apropriação do bem público. A sentença, divulgada (28/11/2015), foi convertida em penas alternativas. 

Russomanno empregou a gerente de sua produtora de vídeos como funcionária de seu gabinete entre os anos 1997 e 2001. Sandra de Jesus trabalhava para a empresa do deputado, mas recebia salário como sua assessora na Câmara dos Deputados. 

No processo, que foi parar no Supremo Tribunal Federal devido ao foro privilegiado do parlamentar, Russomanno negou a irregularidade. Segundo o deputado, Sandra de Jesus realizava seu trabalho como assessora na Câmara no mesmo endereço de sua produtora. 

Testemunhas e documentos, no entanto, comprovaram que ela continuava atuando como gerente da produtora. Há, inclusive, carteiras de trabalho de funcionários da empresa assinados por ela durante o período. 

Russomanno devolveu R$ 700 mil para seu gabinete, minimizando a pena de prisão, que foi convertida em 790 horas de trabalho comunitário e pagamento de 25 cestas básicas. 




Postar um comentário