A LUTA AFRICANA CONTINUA

Milhares de mineiros podem finalmente processar empresas que exploram as minas de ouro sul-africanas.


As companhias informaram que vão apresentar recurso sobre uma decisão do tribunal de South Gauteng, o qual autorizou os mineiros e ex-mineiros a interporem uma ação coletiva.

Ao anunciarem a diligência contra a medida judicial, empresas e filiais envolvidas acabaram por revelar que milhares de mineiros ou familiares podem responsabilizá-las e exigir indenização por terem contraído doenças respiratórias causadas pela inspiração de pó de sílica fina.
Postar um comentário