HOLANDA, MAIS UMA PEDRA QUE CAI NA EUROPA NO GRANDE FIASCO ECONOMINCO DO DOMINO NEOLIBERAL

Holanda perde nota máxima

A agência Standard & Poor's (S&P) retirou a nota máxima de «AAA» à Holanda, devido a uma previsão de um crescimento económico de apenas 0,5 por cento em 2014.
A Alemanha, o Luxemburgo e a Finlândia são agora os três únicos países da zona euro que possuem a notação máxima das agências que analisam a qualidade creditícia.
Segundo a agência norte-americana, a atividade económica na Holanda não recuperará os níveis anteriores à crise antes de 2017, assinalando que o aumento das exportações não é suficiente para compensar a queda da procura interna.

Postar um comentário