DIA INTERNACIONAL DE LUTA CONTRA A HOMOFOBIA - A PAUTA GLBT

 
O Setorial LGBT 
Convida todos(as) companheiros (as), para participarem do Seminário Municipal LGBT.

Contamos com a participação e apoio de todos(as) para esta iniciativa ousada e corajosa.


Seminário LGBT

Dia 21/05

Horário: das 10h às 17h

Local: Sede do Diretório Municipal de São Paulo

Rua Asdrúbal do Nascimento, 226 – Bela Vista

Ficha de inscrição para participação do Seminário LGBT da Cidade de São Paulo.
A ficha acima deverá ser preenchida e enviada por e-mail para movsociais@dmptsp.org.br ou entregue na sede do DM.

Quaisquer dúvidas entre em contato com Diretório Municipal - Secretaria Mov. Sociais - Fone: 3215-1313.

Saudações Petistas
Comissão Executiva Municipal



8o. Seminário sobre Direitos LGBT


Beto Oliveira
Começou o 8º Seminário LGBT, realizado durante as comemorações do Dia Internacional de Luta contra a Homofobia. 
O seminário, promovido pelo Congresso com o apoio da Associação Brasileira de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais (ABGLT), tem como slogan "Quem ama tem o direito de casar – Pela aprovação da PEC do Casamento Civil entre Homossexuais”.
O coordenador da Frente Parlamentar Mista pela Cidadania LGBT na Câmara, deputado Jean Wyllys (Psol-RJ), disse que a ideia de que o seminário tivesse como tema central a aprovação do casamento civil de homossexuais foi tomada antes da decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) que reconheceu, no início do deste mês, a união estável em relacionamentos homoafetivos.
O seminário é organizado pela Frente Parlamentar pela Cidadania LGBT do Congresso Nacional e pelas comissões de Legislação Participativa; de Educação e Cultura; e de Direitos Humanos e Minorias da Câmara dos Deputados.
O seminário ocorreu no auditório Nereu Ramos, na Câmara.
 Comissões discutem o que fazer para deter violência contra LGBT
A violência contra homossexuais, lésbicas, bissexuais e transexuais tem tomado cada vez mais espaço nos noticiários. Muitas das agressões físicas resultam em mortes. Uma pesquisa apresentada em março pelo Grupo Gay da Bahia aponta que, no Brasil, um homossexual é assassinado a cada dois dias. Pesquisas mais recentes com dados assustadores foram apresentadas hoje (24/11) nas comissões de Legislação Participativa e de Direitos Humanos.
Ângela Ivo - Mãe De Alexandre Ivo
Assassinado com 14 anos em ação Homofobia
Douglas, de 19 anos, por pouco não se tornou uma vítima fatal de homofobia. Duas semanas atrás, ele se divertia num bar no Rio de Janeiro, depois de participar da parada do Orgulho Gay, quando foi abordado de maneira violenta por militares do Exército junto com um grupo de amigos. Após ofensas e agressões, Douglas levou um tiro disparado por um dos militares.
Douglas faz parte de uma realidade que foi debatida nesta quarta-feira na Câmara. Os números não são nada bons: somente neste ano 205 homossexuais foram assassinados em todo o Brasil. 
O antropólogo Osvaldo Fernandez analisou as notícias sobre crimes homofóbicos e descobriu que, entre 2000 e 2007, a imprensa noticiou 1040 crimes desse tipo. 415 deles com requintes de crueldade. Pouco mais de 10% foram cometidos por amigos ou conhecidos da vítima. E tem mais. O representante do governo federal reconhece que a violência contra os homossexuais preocupa e afirma que é preciso aprovar o projeto que criminaliza a homofobia para que se tenha uma mudança de comportamento.
Direitos da População LGBT
NBR Entrevista - Parte I
Michelle Meira Coordenadora Geral
de Promoção de Direitos da População LGBT.
NBR Entrevista  - Parte II

Dia Internacional contra a Homofobia
O Dia Internacional contra a Homofobia (em inglês: International Day Against Homophobia) é festejado em 17 de maio. A data foi escolhida lembrando da exclusão da Homossexualidade da Classificação Estatística Internacional de Doenças e Problemas Relacionados com a Saúde (CID) da Organização Mundial da Saúde (OMS) em 17 de maio de 1990, oficialmente declarada em 1992.
Um pouco por todo o mundo faz-se neste dia marchas, beijaços, entre outras actividades a sensibilizar as pessoas. Em Coimbra, pela primeira vez foi realizada uma marcha, em 2010.
Postar um comentário