UMA HOMENAGEM AO COMPANHEIRO, ATIVISTA E BLOGUEIRO COVARDEMENTE ASSASSINADO EM SERRA DO MEL

A SERRA DO MEL ESTÁ MENOS DOCE
Editor do jornal "O Serrano" e presidente municipal do PT, Edinaldo Filgueira, foi morto a tiros em Serra do Mel (252 km de Natal), no Rio Grande do Norte. 
Segundo testemunhas, ele conversava com amigos na calçada em frente ao local onde editava o jornal quando foi surpreendido por três homens em uma motocicleta. Ele tentou fugir, mas foi atingido por seis tiros. Segundo a irmã da vítima, Gilvaneide Filgueira, ele não relatou ter sofrido ameaças. A reportagem não conseguiu obter informações sobre a investigação, porque a Polícia Civil do Estado está em greve. Atualmente, Filgueira finalizava a segunda edição do jornal, relançado após uma pausa de dois anos em sua circulação, que começou em 2005.

UMA JUSTA HOMENAGEM A UM COMPANHEIRO BATALHADOR
Documentário de 20 minutos em homenagem a Edinaldo Filgueira, presidente do PT de Serra do Mel/Rio Grande do Norte, jornalista, blogueiro, ativista político, digital e cultural. Morto em 15 de junho de 2011 por ordem do prefeito de sua cidade, ligado ao PSDB.
O vídeo fala sobre quem foi Edinaldo Filgueira, e também aborda Direitos Humanos, Liberdade de Expressão. Sua estreia se deu em 16 de maio de 2012, durante a terceira edição do Encontro Nacional de Blogueiros Progressistas, ocorrido em Salvador.
FALTAVA O MANDANTE
Legenda: da esq. para dir. Fábio Ferreira da Silva, vulgo "Galego" ou "Fabinho",
Paulo Ricardo da Costa, vulgo "Paulinho", Marcélio de Sousa Moura, Rafânio Brito de Azevedo,
Abnadabe Nunes Ismael Pereira da Silva, vulgo "Foguinho".

Presa quadrilha acusada de matar
líder do PT em Serra do Mel
Bando já tinha outra vítima encomendada no muncípio, e esperava as investigações cessarem para voltar a cidade e cometer o outro homicídio.
O secretário estadual de Segurança Pública e Defesa Social, Aldair da Rocha, apresentou nesta segunda-feira (4) pela manhã, em coletiva, o nome dos cinco homens presos, acusados de terem assassinado o jornalista Ednaldo Filgueira, líder regional do PT no município de Serra do Mel. O crime ocorreu no início de junho. 
A operação em conjunto das polícias Civil e Federal, investigou o caso nos últimos 15 dias e prendeu 5 homens, que teriam recebido pagamento de um mandante para executar o jornalista. Além dos acusados a polícia apreendeu 8 armas (4 espingardas calibre .12 e 4 revólveres calibre.38) e 25 munições calibre .12 e outras 33 calibre .38.
O MANDANTE ERA O PREFEITO DO PSDB


Preso acusado de mandar matar
líder do PT em Serra do Mel
As Polícias Civil e Federal prenderam o prefeito de Serra do Mel, Josivan Bibiano de Azevedo. Ele é considerado o responsável pelo homicídio do jornalista Ednaldo Filgueira, no último dia 15 de junho, naquele município.


Bibiano foi preso preventivamente em cumprimento a um mandado expedido contra ele pelo Tribunal de Justiça, que entendeu que haviam fortes indícios que apontam o prefeito como mandante do crime.


Postar um comentário