Michelle Bachelet luta para jogar holofotes sobre o 11 de setembro que o PIG quer esconder

General Bachelet, his wife, his son, daughter, Michelle.
Chile: Ex-leader's father likely died of torture - By Boston Globe
Pai de Bachelet; mais um vitima da Tortura

SANTIAGO, Chile Um juiz do Chile diz que investigadores determinaram que o pai da ex-presidente Michelle Bachelet aparentemente morreu da tortura após o golpe de 1973 naquele país.


O juiz Mario Carroza disse na quarta-feira que um novo estudo forense revelou que o general do Exército Alberto Bachelet provavelmente morreu de problemas cardíacos causados ​​por tortura depois que ele foi preso por seus camaradas de armas, porque ele se opôs ao golpe militar que derrubou o presidente socialista Salvador Allende. 
Ele se recusou a concordar com o golpe e foi preso em seu escritório no Ministério da Defesa chileno em 11 de setembro de 1973. Ele foi libertado naquela noite, mas alguns dias depois sua casa foi invadida e ele foi levado para a Academia da Força Aérea chilena, onde foi interrogado e torturado por alguns de seus ex-colegas. Ele foi transferido para o hospital da Força Aérea e mantido incomunicável. Poucas semanas depois, ele foi mandado para casa e colocado sob prisão domiciliar, em seguida, em 18 de dezembro, as autoridades o prenderam novamente e o levaram para a cadeia pública de Santiago.
O general de 51 anos de idade, morreu em março de 1974. Bachelet nunca poderia ter imaginado que sua filha Michelle, um dia, tornar-se-ia ministra de defesa, e mais tarde a primeira mulher presidente do Chile. Sua filha se tornou presidenta do Chile, em 2006. Ela tem sido responsável pela agência para as mulheres da ONU desde 2010, quando deixou a presidência
Postar um comentário