O BOM SENSUS DO POVO BRASILEIRO: DILMA 51%

O BRASIL PODE MAIS
Até outro dia se avaliava que a candidadata do PT tivesse chegado ao teto das intenções de voto, contudo fica comprovado que o Povo brasileiro sempre pode melhorar o que já estava bom. É como alguem disse num pouco criativo slogan importado de outra campanha eleitoral estrangeira: 
SIM! O BRASIL PODE MAIS!
 
A ESPONTANEA REVELA A CONSOLIDAÇÃO DA PREFERENCIA DO ELEITORADO
Dilma dispara nas intenções de voto quando não se apresenta os cartões com os nomes dos candidatos para o eleitor.
O BRASIL JÁ DEFINIU SEU VOTO
A maioria dos eleitores declara que ficará com seu candidato. Sete em cada dez leitores já escolheram seu candidato e têm a certeza de confirmar essa opção nas urnas. Esse posicionamento demonstra a pouca efetividade da estrategia de ataques caluniadores levada a cabo pela Campanha Tucana.
SÓ FALTA O ACRE!
É como disse nosso Companheiro no Blog Esquerdopata:
SEJAM REALISTAS. EXIJAM O IMPOSSIVEL!


LULA É O CARA!
A APROVAÇÃO DE LULA SE MANTÉM NA RECORDISTA POSIÇÃO ACIMA DOS 80% DE APROVAÇÃO. O HISTORICO DEMONSTRA QUE QUANTO MAIS LULA GOVERNOU TANTO MAIS O POVO O APROVOU.
AVALIAÇÃO DO GOVERNO
A APROVAÇÃO DE LULA É REFLEXO DA APROVAÇÃO DE SEU GOVERNO. UM GOVERNO PARA TODOS COMO FOI O CONCEITO DO PROJETO DESENVOLVIDO NESSES OITO ANOS E APROVADO POR 79% DOS BRASILEIROS.
 NOTA-SE QUE, MESMO DURANTE A MAIOR CRISE ECONOMICA DA HISTORIA DO MUNDO (A MAROLINHA) OS BRASILEIROS SEGUIRAM APROVANDO ENTUSIASTICAMENTE O GOVERNO DO PT.

A COMPARAÇÃO QUE LEVA DESESPERO AOS TUCANOS

AVALIAÇÃO DO GOVERNO
O DESEMPENHO DO GOVERNO LULA NO ULTIMO ANO DE MANDATO AGRADA A PRATICAMENTE 80% DA POPULAÇÃO, ENQUANTO UM TERÇO DOS BRASILEIROS AVALIAVAM A ADMINISTRAÇÃO FHC COMO RUIM OU PESSIMA.


AVALIAÇÃO DO GOVERNANTE
COM RELAÇÃO AO DESEMPENHO PESSOAL DE CADA UM DOS GOVERNANTES, LULA COM SUA FORMA CARISMATICA DE GOVERNAR, BATE RECORDES DE APROVAÇÃO BEIRANDO AOS 80% E, INVERSAMENTE,  O MAL AMADO FHC ANGARIAVA A ANTIPATIA DE MAIS DA METADE DA POPULAÇÃO EM SEU ULTIMO ANO DE GOVERNO.

Postar um comentário