O SECRETÁRIO DE CULTURA DE DORIA FOI DEVIDAMENTE ENQUADRADO NO CCJ DA ZN



 Vai ter que trocar ideia a Comunidade, com os “fluxos” (“pancadões”) e “rolezinhos” na região!



- O CCJ (Centro Cultural da Juventude) recebeu na quinta-feira (19/1) a visita do novo secretário municipal da Cultura, André Sturm. 
Ativistas culturais e lideranças comunitárias entregaram para Sturm uma “Carta Aberta”, com oito propostas para a cultura na Zona Norte/Noroeste.

- O documento é assinado por lideranças, conselheiros e representantes da cultura na região. Seguem as propostas e os signatários:


1 • Fortalecimento das Casas de Cultura da região (Freguesia do Ó, Brasilândia e Tremembé), com a preservação das iniciativas da gestão anterior, mais autonomia orçamentária e apoio maior da SMC à programação;
2 • Incremento de projetos e eventos culturais nos CEUs, com incentivo à participação de artistas locais;
3 • Resgate das Supervisões de Cultura (hoje esvaziadas) como polos de articulação regional; 
4 • Mais editais acessíveis a artistas e coletivos locais, que ajudem a fomentar a cultura na região, com menos burocracia; 
5 • Oferta de um kit básico de evento para cada Prefeitura Regional (ou para equipamentos culturais), com a disponibilização de palco, som, gerador, gradis e banheiros químicos. Essa estrutura deve ser usada, prioritariamente, para as tradicionais festas de bairro e eventos coletivos, além dos blocos carnavalescos da região;
6 • Retomada do diálogo com produtores e frequentadores de “fluxos” (“pancadões”) e “rolezinhos” na região, a fim de viabilizar locais mais adequados à realização desses eventos (como o Sambódromo do Anhembi), bem como reduzir os eventos irregulares e seus transtornos;
7• Apoio à construção de espaços culturais em áreas com demanda mapeada, como um teatro no CEU Paulistano e um polo cultural no Bananal (Jardim Vista Alegre);
8• Audiência pública sobre o projeto de parcerias com organizações sociais (OSs) para administrar as bibliotecas municipais e outros órgãos da cultura.

ASSINAM
- Aline Viana, jornalista
- Almir Matos, conselheiro participativo
- André Cintra, jornalista
- Bruna Lodi, arquiteta e urbanista
- Cacau Nicolau, educadora
- Clayton Lima, professor
- Dimas Reis Gonçalves, ativista cultural
- Fabio Adonis, líder comunitário
- Fabio Santos Luiz, produtor cultural
- Felipe Cruz, músico
- Guma Thiago, músico e agente cultural
- Gustavo Xavier, jornalista
- Hulda Queiroz, fotógrafa
- Lucas Antonio, jornalista
- Luiz Flávio (Flavinho), jurista
- Neuza Cardoso Dos Santos, agente cultural
- Otacilio Ribeiro, ativista cultural
- Rodrigo Carvalho, jornalista e gestor cultural
- Sula Santos, conselheira participativa
Postar um comentário