O POVO COM LULA - SOMOS TODOS LULA!


“Hoje o golpe chega ao seu ápice.  

Estamos vivendo um estado de exceção que viola o estado democrático de direito. Isso é inaceitável”



"O GOLPE CHEGA NO ÁPICE". TODOS COM LULA
O Estado de Exceção é uma situação de restrição de direitos e concentração de poderes que aproxima um Estado sob regime democrático do autoritarismo.
A perseguição a Lula é, na verdade, uma perseguição a milhões de brasileiros, que antes do PT, nunca tiveram oportunidades para sonhar com uma vida melhor, afirmou Paulo Pimenta (PT-RS).
.
A esperança já venceu o medo, vai vencer o GOLPE.

Maria Do Rosário Nunes (PT-RS)
“Estamos assistindo o aparelhamento político de diversas instituições. 
Querem acabar com Lula, sua família e sua história. É março, mas o roteiro do golpe mudou. Métodos atuais usam de espetáculos policial-midiáticos. Mas a luta de classes, essa é a mesma”.

Lindbergh Farias
MAIS UMA AÇÃO ABSURDA PARA CALIBRAR O GOLPE DA DIREITA

Benedita da Silva (PT-RJ)

“Quero aqui manifestar a minha indignação com esse ato bárbaro e essa tentativa maior de golpe por aqueles que não ganharam as eleições, contra o nosso querido Luiz Inácio Lula da Silva, um grande brasileiro, que mudou a história desse País, que incluiu milhares de pobres e necessitados”

“A condução coercitiva do ex-presidente Lula para depor na Operação Lava Jato – o maior espetáculo jurídico-midiático já produzido pelas elites do nosso país – faz parte do roteiro que busca paralisar o governo da presidenta Dilma, criminalizar o Partido dos Trabalhadores e afastar definitivamente o ex-presidente Lula das eleições 2018”, completou Fátima Bezerra.
“Quem está sendo conduzido de forma coercitiva para depor não é apenas Lula, são milhares de brasileiras e brasileiros que acreditam ser possível construir um Brasil mais justo, solidário e inclusivo”.
Damou ressaltou que “o juiz da Lava Jato não é competente para apurar os fatos relativos à Atibaia, a pedalinhos em Atibaia e a um triplex, que não pertence ao presidente Lula em Guarujá. É de competência da Justiça do Estado de São Paulo”.
O deputado do Rio Grande do Sul aproveitou para convocar a militância, os movimentos sociais e setores da esquerda do Brasil. 
“É por isso que nessa hora tão importante, nós precisamos resistir e reagir em defesa da democracia, em defesa do presidente Lula. Estamos juntos e chamamos todos vocês a estarem conosco”.
“Estou convocando a população brasileira, que sabe que esse País mudou, que nós vivemos em um estado democrático e que nós não aceitaremos que haja mais golpe nesse País. Eles não passarão, eles não darão um golpe no País, porque nós estaremos juntos”, afirmou Benedita.
Fátima Bezerra também convocou à resistência. 
“O momento não é de abaixar a cabeça e desistir da luta. Este é um momento de indignação e resistência. Vamos realizar uma grande mobilização nacional em defesa da democracia e em solidariedade ao ex-presidente Lula. 
Ao companheiro Luiz Inácio Lula da Silva toda a nossa solidariedade. Eles não vão conseguir calar a sua voz, companheiro Lula, pois não vão conseguir calar a voz do povo brasileiro”, finalizou a senadora.
Postar um comentário