PERUCHE ABRE O CARNAVAL E TOM MAIOR TRAZ LULA PRA AVENIDA

UNIDOS DO PERUCHE ABRE O CARNAVAL DE SÃO PAULO
SEXTA FEIRA - 04/03/2011
Seu Carlão vai fazer bonito de novo!
Seu Carlão o Embaixador do Samba Paulistano
TONINHO PENTEADO
ELE E A VETERANA BERNADETTE VÃO SEGURAR O SAMBA EM HOMENAGEM AO CENTENÁRIO DO TEATRO MUNICIPAL 
TOM MAIOR TRAZ LULA PARA AVENIDA
A escola de samba Tom Maior deve receber a participação do ex-presidente Lula em seu desfile no Carnaval 2011. Nesse ano, a agremiação apresenta o enredo "Salve, Salve São Bernardo, Pedaço do Meu Brasil – Terra Mãe dos Paulistas" e em um trecho da letra cita a importância de Lula no desenvolvimento da cidade.
“O convite faz parte de uma homenagem ao Lula, que cresceu e viveu em São Bernardo”, diz o presidente da escola de samba, Marko Antônio da Silva. “Fizemos o convite por meio de seu filho e pela assessoria da prefeitura da cidade. Se não acontecer nenhum imprevisto ou compromisso, ele estará em nosso desfile”, completa.
A Tom Maior desfila no dia 4/3, às 0h10 no sambódromo de São Paulo.
Salve, Salve São Bernardo
Pedaço do Meu Brasil
Terra Mãe dos Paulistas
Carnavalesco: Chico Spinoza
 Presidente: Marko Antonio da Silva
Mestre de Bateria: Mestre Carlão
Intérprete: Renne Sobral
Rainha de Bateria: Andreia Gomes
Mestre-Sala: Jairo
Porta-bandeira: Simone

Samba Enredo 2011 - Salve, Salve São Bernardo, pedaço do meu Brasil, terra-mãe dos paulistas

G.R.E.S. Tom Maior

Compositores: Chiquinho LS, Cesar Ramos, Dico Som 30, Ricardo, J. Osasco
Meu canto vai ecoar… amor
Sou Tom Maior de coração
Bate forte no meu peito, São Bernardo
Nas cores do meu pavilhão
Em nome do pai
Cruzou a mata o colonizador
Na trilha do grande guerreiro
Destemido caçador
De um grande amor
Dessa união, a terra-mãe nasceu
Solo abençoado pelos jesuítas
A caminho do mar
Da imigração
A formação desse povo vencedor
Que nunca trabalhou em vão
Nesse lindo pedaço da nação
Uma catedral era a natureza
Chora represa, a fonte da vida
Vamos pôr a mão na consciência
Pro futuro, preservar é a saída
É você, a cidade que embala as crianças
É você, pra cultura um “eco” de esperança
Ah! quanta saudade
Dos tempos da Vera Cruz
Dá água na boca esse tempero
A força nordestina te conduz
Do carro tu és a capital
Berço moderno da força social
Brilha-lá, bem no alto uma estrela
Brilhou-lá iluminando o nosso país
Quem lutou por um ideal
Sem medo de ser feliz
Postar um comentário