Os 19 casais, loiros, de olhos azuis e de corpicho model, mais gatos no mundo. E Nóis, meu nego?

O EUROCENTRISMO É O ATOR PRINCIPAL NO PALCO DO CAPITALISMO
Um problema que precisa ser vencido quando se trata da ascensão social propiciada pelos governos populares que protagonizaram a ultima década na America Latina: O Eurocentrismo.

O Portal MSN traz uma importante matéria (confira aqui) para os seus leitores a respeito do mundo das celebridades. Ali desfilam uma serie de casais lindos e apaixonados, como frisa o titulo sobreposto a figura de um par amostral, que credita a manchete.
O fato é que, na seleção; nenhum par de gente preta, nenhum `cabelo ruim` ou `nariz de batata` mereceu o conceito A do juri que elegeu as parelhas.
Certamente, sabe-se haver por este mundo celebrável, um razoável numero de Negros em posição de destaque e vivendo amores sem fim, como costumam viver os seres humanos desse planeta.
Ora? Então, não sendo por falta de famosidade e nem por falta de Paixão, o que os retirou dessa lista tão restrita?
Tem-se evidente, numa analise dos escolhidos, a prevalência da biotipia nórdica, da cutis clara, dos olhos azuis, cabelos loiros, narizes pontiagudos e dos corpos `sarados`, sem barriga, sem contornos de violão,  de seios grandes e bundas pequenas.
A ideia aqui não é discutir o conceito de beleza, mas a modelação dele.
Nesse aspecto, os governos progressistas pouco avançaram. Agiram com o entendimento de que a imprescindibilidade da luta contra a fome não tivesse ligação alguma com a subjetividade do ser-humano. Aquela mesma visão de mundo que faz o escravo aceitar o senhor como senhor e, portanto, aceitar-se natural e passivamente na posição de escravizado. 
Não é o caso, de reclamar um lugar em lista elaborada por, para e pelo ócio mental, porem deve-se empreender uma atitude radical para se criar um novo discurso, de semântica revolucionaria, tal qual prega um pensador latino americano já apresentado nesse blog, até para acabar de vez com o complexo de vira-latas entranhado nos ossos da classe media tradicional e se impregnando na alma da nova classe , candidata a mediocre.
Deve-se sim, recontar a historia desse país, que teve 300 anos de escravidão, revelar os verdadeiros heróis da pátria, recolocar novos conceitos de sociedade e reposicionar o entendimento sobre desenvolvimento para alem da logica do cientificismo 
determinista emanado na escola positivista atual.
Claro, outras politicas nesse sentido devem ser desenvolvidas também e com a mesma premência daquelas que garantem empregos e salários, porque senão, como já acontece hoje, cada vez mais grande parte dos ganhos do trabalhador, sera gasto em alisamento de cabelos, tintura para aloiramento, lentes azuis e calças  para corpos sem formas arredondadas. 
E,  dessa maneira se constituirá uma nova classe media, velha.
Um novo grupo social que, só não senta a mesa da tradicional para um bom jogo de cartas, porque o preconceito da elite latino americana para com seus povos é mais profundo do que sua vontade de viver. Contudo, mesmo essa distancia, não livra o fato de logo vermos esses indivíduos, menos nobres, caminhando na Av. Paulista, em duas patas, pedindo impeachement, tal qual humanos de raça eurocêntrica fazem nos domingos de sol.

E, naquela altura, depois de tanto abuso, era impossível distinguir homem do porco.   
A revolução dos Bichos - George Orwell
NÓS SOMOS TODOS JUNTOS E MISTURADOS!

Spike Lee boicota o Oscar devido à ausência

de negros na cerimônia

O diretor de cinema norte-americano Spike Lee anunciou nesta segunda-feira (18) que vai boicotar a cerimônia de entrega do Oscar porque não há nenhum ator negro entre os 20 concorrentes deste ano. O evento acontece no próximo dia 28 de fevereiro em Los Angeles, nos Estados Unidos. 


Divulgação
"É mais fácil para um afro-americano ser presidente dos Estados Unidos do que presidente de um estúdio de Hollywood", afirmou o diretor"É mais fácil para um afro-americano ser presidente dos Estados Unidos do que presidente de um estúdio de Hollywood", afirmou o diretor
O comunicado do cineasta foi divulgado no mesmo dia em que os Estados Unidos lembram o nascimento de Martin Luther King, em um feriado nacional em homenagem líder da luta pelos direitos civis no país.

"Não podemos apoiar isso, e eu não quero desrespeitar os meus amigos, o apresentador Chris Rock, o produtor Reggie Hudlin, a presidente [Cheryl Boone] Isaacs e a Academia [de Artes e Ciências Cinematográficas]. Mas, como é possível, pelo segundo ano consecutivo, todos os 20 candidatos na categoria de ator serem brancos?”, questiona Spike Lee. Leia mais no Portal Vermelho

Por que as religiões de matriz africana são o principal alvo de intolerância no Brasil?

Dados compilados pela Comissão de Combate à Intolerância Religiosa do Rio de Janeiro (CCIR) mostram que mais de 70% de 1.014 casos de ofensas, abusos e atos violentos registrados no Estado entre 2012 e 2015 são contra praticantes de religiões de matrizes africanas. Leia mais no Site da BBC
Postar um comentário