DESEMPREGO AUMENTA NA EUROPA PARA PROTEGER O LUCRO DOS BANCOS

Setor bancário destruiu 80 mil empregos
Os 30 maiores bancos da Europa suprimiram 80 mil vagas de trabalho em 2013
ou seja, cerca de 3,5 por cento do seu efetivo, estimado em 1,7 milhões de pessoas.

Segundo contas da agência Reuters baseadas em comunicados das entidades bancárias, desde 2008 o setor bancário já despediu mais de 250 mil trabalhadores no continente europeu.

Em 2013, os cortes de pessoal de maior dimensão verificaram-se nos bancos espanhóis Bankia, que reduziu quase um quarto da força trabalhadora, e BBVA com uma percentagem semelhante, e o italiano Unicredit, que extinguiu 22 por cento do total de empregos.

No sentido inverso, só três entidades financeiras (Barclays, Handelsbanken e Deutsche Bank) criaram empregos num total de 770 novas contratações.
Postar um comentário