A incompetência do PiG Ingles Superou a do PiGTupiniquim: Preparou duas Manchetes e Publicou a errada

O Daily Mail faz dois resultados do
 "Caso Knox" e publica o errado
A malversação jornalística pode pôr em causa a credibilidade. Este é o fato que o jornal britânico 'Daily Mail' terá de enfrentar depois de publicar, em sua versão Web, o resultado errado "caso Knox.
A questão remonta ao assassinato de menina britânica Meredith Kercher que, segundo a promotoria, foi morta em uma festa regada a álcool, drogas e sexo e inicialmente teve como culpados o Italiano, Raffaele Sollecito e a Americana, Amanda Knox. Mas ainda a espera do veredito da Justiça, que acabara de inciar, o jornalista Nick Pisa desenvolveu para 'Daily Mail' duas versões sobre o resultado do julgamento, no qual os acusados ​​seiam absolvidos numa e noutra seriam condenados.

Ambos os relatórios forneciam um ótimo desenvolvimento da matéria tendo tudo o que se encontra em qualquer notícia do tipo,desde dados sobre os fatos até declarações dos envolvidos. O problema para Pisa, que escreve diariamente sobre o julgamento, veio quando finalmente houve a absolvição dos acusados e o site do jornal, querendo ser o primeiro a dar o furo, publicou a noticia. E desse modo cumpriu o ditado que afirma que pressa é inimiga da perfeição. A versão que se tornou publica foi a errada. 
Nela o jornalista havia escrito tudo sobre a tristeza e revolta de Knox e Sollecito por terem sido condenados.
Embora o Site do Daily Mail tenha corrigido com certa rapidez a informação, um grande número de usuários de Internet o leram, incluindo os responsáveis ​​por um blog chamado "Watch Tabloid" (De Olho nos Tablóides); eles conseguiram capturar as imagens e fizeram matérias onde são vistos segurando Pisa falso. O principal deles dizia:
"Guilty: Knox atordoada depois de saber que seu apelo foi rejeitado."
O relato da notícia falsa
Pisa foi enviando seu falso artigo durante o pronunciamento do veredito ele dizia que a garota Knox estava ciente das terriveis palavras do juiz e de como os familiares dela rompiam em prantos.
O relatório continuou dizendo mais mentiras, explorando a situação dos supostos condenados e de como eles, revoltados, iriam apelar o caso para um tribunal superior e apontava os momentos tensos como Knox e Sollecito foram levados para a prisão. Claro, todos fatos fantasiosos, ao contrário da alegria dos dois com a absolvição ao final do caso.
O único culpado foi o negão
Segurou a Vitima e Sifú
Com a absolvição do ex-casal, o único condenado pelo crime ocorrido em 2007 fica sendo o traficante de drogas Rudy Guede, da Costa do Marfim.
Ele foi condenado a 16 anos de cadeia, em um processo separado, acusado de ter segurado a vítima durante o crime.

E a direita ainda dizia que Battisti ia ter um julgamento justo na Italia. Sem chance!
Postar um comentário