Fundo de Quintal - A AMIZADE

Fundo de Quintal
Origem Rio de Janeiro (RJ)
País Brasil
Gêneros Samba (pagode)
Período em atividade 1978-presente
Afiliações Beth Carvalho
Integrantes
Ademir Batera
Bira Presidente
Flavinho Silva
Ronaldinho do Banjo
Sereno
Ubirany
Ex-integrantes
Almir Guineto
Arlindo Cruz
Cléber Augusto
Jorge Aragão
Mário Sérgio
Neocy
Sombrinha
Walter 7 Cordas
A Amizade
Fundo de Quintal
Composição: Djama Falcão / Bicudo / Cleber Augusto
La laiá, la laiá, la laiá, la laiá
La laiá, la laiá, la laiá, la laiá
Meu amigo
Amigo, hoje a minha inspiração
Se ligou em você
E em forma de samba
Mandou lhe dizer
Tâo outro argumento
Qual nesse nomento
Me faz penetrar
Por toda nossa amizade
Esclarescendo a verdade
Sem medo de agir
Em nossa intimidade
Você vai me ouvir
Foi bem cedo na vida que eu procurei
Encontrar novos rumos num mundo melhor
Com você fique certo que jamais falhei
Pois ganhei muita força tornando maior
A amizade...
Nem mesmo a força do tempo irá destruir
Somos verdade...
Nem mesmo este samba de amor pode nos resumir
Quero chorar o seu choro
Quero sorrir seu sorriso
Valeu por você existir amigo
Quero chorar o seu choro
Quero sorrir seu sorriso
Valeu por você existir amigo
Grupo Fundo de Quintal
Grupo de samba formado no final da década de 1970. Formado a partir do bloco carnavalesco Cacique de Ramos, da cidade do Rio de Janeiro, o grupo tornou-se uma referência original no sub-gênero pagode.
Composto principalmente por sambistas da escola de samba Imperatriz Leopoldinense, o Fundo de Quintal se caracterizou por usar instrumentos - até então pouco comuns em rodas de samba - como o banjo, o tantã, o repique de mão e o repique-de-anel. O grupo inicialmente era composto pelos sambistas Almir Guineto, Bira Presidente, Jorge Aragão, Neoci, Sereno, Sombrinha e Ubirany. Mais tarde, Arlindo Cruz e Walter Sete Cordas integraram o conjunto musical. Atualmente o grupo é composto por Ademir Batera, Cléber Augusto, Ronaldinho, Sereno, Bira Presidente e Ubirany.
Tendo como "madrinha" a cantora Beth Carvalho, o grupo gravou vários álbuns, alguns deles discos de Ouro e Platina. Alguns de seus maiores sucessos são " "A Batucada dos Nossos Tantãs", "E Eu Não Fui Convidado", "Boca Sem Dente", "Ô, Irene", "O Show Tem Que Continuar", "Do Fundo do Nosso Quintal", "Só pra Contrariar", "Miudinho", "Bebeto Loteria", "Não Vai na Conversa Dela", ""Vai Lá Vai Lá"", "Parabéns pra Você", "Andei, Andei", "Malandro Sou Eu", "Tô Que Tô", entre outros.


Colaborou com o Blog da ZN: O Amigo e Companheiro Serginho PT Cubatão
Pode ser encontrado no Facebook - Grupo VIVA A MILITÂNCIA VIVA!
Postar um comentário